Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Suécia 'investiga boato de submarino russo operando em sua costa'

Marinha da Suécia amplia área de buscas por submarino estrangeiro em sua costa
As autoridades na Suécia decidiram proibir os voos de baixa altitude de aeronaves em uma área próxima a Estocolmo em meio a uma megaoperação que investiga se as águas próximas à capital sueca foram invadidas por um submarino russo não-autorizado.

A operação, que teve sua área ampliada, chegou ao quarto dia e envolve navios e helicópteros, e sensores estão sendo usados para descobrir movimentos de submarinos na região.

O Ministério da Defesa da Rússia negou qualquer "situação irregular" envolvendo suas embarcações e alegou que um submarino holandês pode ter acionado o alerta na Suécia, depois de realizar exercícios na área. Mas essa hipótese foi descartada pelo Ministério da Defesa holandês.

Uma fonte sueca disse à BBC que uma embarcação submarina foi vista no Mar Báltico a cerca de 25 km de Estocolmo.
Tensão

Rádios suecas afirmam que a área de busca foi expandida para incluir mais ilhas do Báltico, mais distante de Estocolmo.

O site de notícias sueco The Local afirma que navios e tropas foram posicionados desde Moeja, no norte de Estocolmo, a Ornoe, ao sul da capital.

A tensão cresceu na região do Báltico durante os últimos meses quando o conflito no leste da Ucrânia voltou a despertar o medo de uma agressão russa nos ex-países soviéticos da região – Estônia, Letônia e Lituânia.

A observação de submarinos da URSS durante a Guerra Fria deflagrou alertas de segurança na Suécia nos anos de 1980.


Submarino não identificado foi visto em três locais da costa sueca

Oficialmente, os militares suecos afirmam apenas estar investigando "atividade subaquática estrangeira". Eles negaram estar procurando um submarino.

O contra-almirante Anders Grestad afirmou que "é provável que atividade subaquática estrangeira esteja acontecendo no arquipélago de Estocolmo".

"Nos últimos dias, observações foram feitas em três locais diferentes, e consideramos que todas essas observações têm credibilidade".

Ele também disse que "essa é uma área de interesse para potências estrangeiras", mas evitou nomear Moscou.

Um jornal local da Suécia disse que as autoridades do país interceptaram um sinal na Rússia.

Moscou tem diversos submarinos baseados em Kaliningrado, um exclave russo na fronteira entre a Polônia e a Lituânia, além de uma frota muito maior na região de Murmansk, na Península de Kola (a leste da Suécia e da Finlândia).

No mês passado, outro jornal sueco, Expressen, relatou a incursão de dois aviões militares de fabricação russa, modelo Sukhoi Su-24, em território nacional. A Suécia teria chegado a acionar sua Força Aérea.


BBC - Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]