Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

França confirma a aquisição de doze aeronaves A330 MRTT


O Ministro da Defesa Francês Jean-Yves Le Drian anunciou no dia 20 de Novembro por ocasião do colóquio "50 Anos de Dissuasão Nuclear: Exigências e Pertinências no Século 21" realizado na Escola Militar em Paris e organizado pela Força Aérea Francesa e o Comissariado para a Energia Atómica e Energias Alternativas (Commissariat à l’Énergie Atomique et aux énergies alternatives ou CEA), que o contrato de aquisição de doze aeronaves de reabastecimento em voo e transporte geral A330 MRTT (Multi-Role Tanker Transport) está pronto para ser notificado à Airbus Defence and Space.

As aeronaves destinadas à Força Aérea Francesa receberão o nome de A330 Phénix e substituirão progressivamente os Boeing C135FR Stratotanker operados pelo Grupo de Reabastecimento em Voo (Groupe de Ravitaillement en Vol ou GRV) "Bretagne" a partir da Base Aérea Nº 125 de Istres.

Para além da sua missão de assegurar a função principal de reabastecimento em voo às aeronaves Francesas no teatro nacional ou no âmbito de operações fora do território e a aeronaves de nações aliadas, os A330 Phénix terão ainda capacidade de efectuar operações de transporte e projecção de tropas, evacuação médica incluindo com o sistema modular de suporte de vida para grandes distâncias MORPHEE (MOdules de Réanimation pour Patient à Haute Élongation d'Évacuation) e transporte humanitário.

A Francesa DGA (Direction Générale de l’Armement) será responsável de preparar e conduzir o contrato de aproximadamente 3,000 milhões de euros que com as doze aeronaves, incluirá ainda o fornecimento de meios e serviços associados, nomeadamente equipamentos de apoio, sistemas de simulação, formação das tripulações e apoio logístico inicial. Em linha com a actual Lei de Programação Militar que vigorará entre 2014 e 2019, a primeira aeronave será recebida em 2018 e a segunda no ano seguinte. As restantes unidades serão entregues a partir de 2020 a um ritmo de uma a duas aeronaves e já durante a próxima Lei de Programação Militar.

O A330 MRTT é construído a partir da aeronave de transporte comercial Airbus A330-200 produzida na Cidade Francesa de Toulouse. As aeronaves destinadas à Força Aérea Francesa serão equipadas turbinas Trent 700 da Britânica Rolls-Royce e com sistemas de aviónicos da Thales Avionics. A aeronave é hoje operada pelas forças aéreas da Austrália com o nome de KC30A, Reino Unido com a designação de Voyager, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos (EAU). A Índia decidiu no final de 2012 adquirir seis unidades. Em Março de 2014, o fabricante Europeu anunciou que Singapura e o Qatar iriam adquirir seis e duas unidades respectivamente. (Victor M.S. Barreira)

( Defensa.com ) 
Fotografia: aeronave A330 MRTT aqui numa operação de reabastecimento de um A400M Atlas (Airbus Defence and Space).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]