Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Embraer adia para 2015 o primeiro voo do seu supercargueiro KC-390

O supercargueiro KC-390: primeiro voo adiado para ‘priorizar segurança ‘ (Foto: Estadão)

Decisão foi tomada para ‘priorizar a segurança de voo’ da maior aposta comercial da empresa, segundo fontes

SÃO PAULO – A Embraer adiou o primeiro voo do seu supercargueiro KC-390, sua maior aposta comercial no mercado militar para os próximos anos. A decisão foi tomada para ‘priorizar a segurança de voo’, segundo fontes da empresa.

O protótipo do avião cargueiro desenvolvido em parceria com a Força Aérea Brasileira (FAB), com investimentos estimados em R$ 4,6 bilhões, vem passando por testes dinâmicos em solo na fábrica de Gavião Peixoto, no interior de São Paulo.

Os testes dinâmicos são feitos com o acionamento dos equipamentos e movimentação do avião na pista de testes da fábrica. A empresa ainda não confirmou oficialmente o adiamento do primeiro voo, que deve ficar para o início de 2015.

A Embraer tem 28 encomendas da FAB. O valor total do contrato é de R$ 7,2 bilhões e inclui também o fornecimento de um pacote de suporte logístico com peças sobressalentes e manutenção. A empresa tem mais 32 pedidos firmes para oito clientes.

O KC-390 é um jato bimotor, com capacidade de 23 toneladas e velocidade de até 870 quilômetros por hora, que pode ser usado como reabastecedor aéreo, no transporte militar, em operações de busca e salvamento, resgate e evacuação, e em operações humanitárias.

A estimativa da Embraer é de que nos próximos 15 anos serão vendidos cerca de 700 cargueiros desse porte no mundo.

Roberto Godoy
O ESTADO DE S. PAULO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]