Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Fabricante do rifle AK-47 quer ser mais famosa que a Apple

Adiantou não só a tecnologia, mas revoluções sociais, disse o narrador da campanha de marketing do grupo russo

A empresa russa Kalashnikov, criadora do rifle de assalto AK-47 apresentou uma nova marca e plano de marketing com objetivos ambiciosos - planeja ser mais conhecida que a Apple, a marca mais valiosa do mundo de acordo com o ranking da Interbrand.

Segundo o jornal The Guardian, o presidente-executivo da empresa, Alexei Krivoruchkho, mostrou na terça-feira a marca “Kalashnikov Concern”, que inclui além do conhecido rifle, armas de caça e esportes.

Um vídeo de 4 minutos e 33 segundos apresenta a Kalashnikov como uma “arma da paz”, que ajudou a combater o terrorismo ao redor do mundo, esquecendo que este era o rifle favorito de Osama bin Laden.

“Adiantou não só a tecnologia, mas revoluções sociais”, disse o narrador do vídeo, em russo.

“Movimentos de liberdade na África, Ásia e América Latina puderam lutar contra exércitos coloniais. A AK-47 deu a eles a chance de lutar por seus direitos e alcançar a justiça”.

Em um segundo vídeo – uma superprodução – soldados das forças especiais russas aparecem “liquidando” uma célula terrorista com modelos modificados dos rifles Kalashnikov, em um roteiro muito similar aos filmes de ação ou mesmo com o jogo Call of Duty.

Em entrevista ao jornal, Krivoruchko ainda disse que as sanções impostas pelos Estados Unidos ao governo russo fizeram com que a empresa mudasse o foco de seu mercado para a Ásia. Antes, 200 mil unidades do AK-47 seriam enviadas para EUA e Canadá.

AK-47 para todos

O AK-47 (em russo, Avtomat Kalashnikova) foi criado em 1947 pelo engenheiro russo Mikhail Kalashnikov, que morreu no ano passado aos 94 anos de idade.

Barato, rápido de ser feito e com prático manuseio, o rifle automático tornou-se a arma oficial do exército russo em pouco tempo, além de guerrilhas revolucionárias e grupos terroristas ao redor do mundo.

Na América do Sul, ficou conhecida como a arma do presidente chileno Salvador Allende, deposto em golpe militar em 1974. Estima-se que 100 milhões de rifles foram vendidos, sendo 140 mil peças apenas neste ano.

TERRA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]