Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Defesa apresenta projetos estratégicos para 2015

General Bráulio de Paula Machado explicou o funcionamento da Autoridade Certificadora de Defesa
Brasília, 18/12/2014 – A Autoridade Certificadora de Defesa – AC Defesa – é uma das novidades da Política e Estratégia Setoriais de Defesa e o Plano de Gestão Estratégica do Ministério da Defesa para o ano de 2015. Esse e outros projetos foram apresentados na manhã desta quinta-feira (18) em cerimônia que reuniu o alto comando da instituição.

A AC Defesa tem como finalidade emitir e fornecer certificados digitais para o Ministério da Defesa (MD), bem como para as três forças singulares: Marinha, Exército e Aeronáutica.

De acordo com o chefe do Centro de Desenvolvimento de Sistemas do Exército Brasileiro e responsável pelo AC Defesa, general Bráulio de Paula Machado, este projeto tem grande relevância na atual conjuntura mundial, garantindo a segurança da informação do Estado brasileiro.

Durante sua explanação, o general Bráulio explicou que a Autoridade Certificadora, vinculada à Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil), é a identidade virtual que permite a identificação segura e inequívoca de autores de mensagens ou transações eletrônicas.

Por estarem vinculados à ICP-Brasil, os certificados emitidos pela AC Defesa terão a mesma validade dos demais certificados emitidos por outras AC, governamentais e civis, igualmente credenciadas.

“O projeto AC Defesa terá uso em assinatura eletrônica de documentos, ordenação de despesas, acesso a informes médicos, autenticação segura de servidores de dados e acesso a sistemas de segurança mais elevada”, disse o general Bráulio.

AC Defesa nas Forças Armadas



Brigadeiro Pompeu Brasil falou sobre a política setorial de defesa
As estruturas estão localizadas na Ilha das Cobras (RJ), da Marinha do Brasil, no VI Comando Aéreo Regional, em Brasília, e no Centro Integrado de Telemática do Exército, também na capital federal. O custo anual do projeto está orçado em R$ 6 milhões.

Estratégia Setorial

O chefe da Assessoria de Planejamento do ministério, brigadeiro José Pompeu dos Magalhães Brasil Filho, falou sobre a política e a estratégia setorial de defesa.

Conforme o brigadeiro Pompeu Brasil, o sistema de planejamento estratégico de Defesa é um método que organiza e alinha todos os documentos e planos, como a Política Nacional de Defesa e a Estratégia Nacional de Defesa.

“Ainda encontram-se em fase de análise e aprovação a Política Setorial de Defesa e a Estratégia Setorial de Defesa. Até meados de março do próximo ano, esses dois documentos devem estar aprovados”, comentou o brigadeiro.

Os planos estratégicos também englobam políticas públicas como o Projeto Rondon e o Forças no Esporte, além de iniciativas na área de saúde.

Também foram apresentados projetos na área de recursos humanos, orçamento e finanças, mobilização e comunicação social.
Documentário sobre 15 anos do Ministério da Defesa

Autoridades assistem ao documentário "Defesa: 15 anos"
Durante o evento, foi realizada a première do documentário “Defesa: 15 anos”, sobre a trajetória do Ministério desde sua fundação, em junho de 1999.

A produção, coordenada pela Assessoria de Comunicação Social, tem 27 minutos de duração, com depoimentos dos ministros que ocuparam a pasta, autoridades civis e militares e de especialistas em Defesa.

O documentário resgata a história do ministério em uma década e meia, apresentando registros das principais atuações da Defesa em prol do país e da sociedade brasileira. O filme contém imagens da participação dos militares em eventos como a Jornada Mundial da Juventude, Copa do Mundo, missões de paz, exercícios e operações de fronteiras.

Ministério da Defesa

Foto: Tereza Sobreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]