Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Exército Francês exibe o sistema FELIN na IDEX 2015


O Exército Francês exibirá e presentará o sistema FELIN (Fantassin à Équipement et Liaisons Intégrés) de modernização do combatente durante a mostra internacional da indústria de defesa IDEX 2015 a ser realizada em Abu Dhabi, Emirados Árabes Unidos (EAU) entre os dias 22 e 26 de Fevereiro. 
 
Foram adquiridos pela DGA (Direction Générale de l´Armement) ao fabricante Sagem, um total de 18.522 sistemas FELIN. Até ao final de 2014, a DGA tinha rececionado 18.212 exemplares com os restantes 310 previstos em 2015.

Este sistema equipa desde Maio de 2010 vários regimentos do Exército Francês, nos quais é empregue pelos agrupamentos táticos GTIA (Groupement Tactique Inter-Armes). O sistema combina componentes como a mobilidade, proteção, observação, emprego de armamento individual e coletivo, comunicação e apoio ao combatente.

O combatente FELIN incorpora entre outros elementos o armamento individual (FAMAS F1, MINIMI e FRF2), morteiro ligeiro de 60mm Fly-K, lançador anti-fortificações AT-4CS, sistemas de comunicações, colete tático, colete balístico, cablagens, sistema de navegação, joelheiras e cotoveleiras, sistema de informação, alças óticas, óculos de proteção balística, binóculos eletro-óticos multifunções, alças eletro-óticas, capacete ergonómico, uniformes modulares e multifunções, máscara de proteção NBQ, botas táticas, baioneta, mochila de combate, baterias, luvas de proteção, canivete multifunções, sistema de hidratação e antenas.

Os equipamentos produzidos pela Sagem e outros fabricantes são agrupados nas instalações da primeira em Poitiers e Fougères e logo despachados para as unidades. Parte dos equipamentos são fornecidos por fabricantes como a SIOEN Military, Seyntex, CamelBack Products, Rostaing, Source, Extrema Ratio, Protecop, Ouvry, L-3 Communications EOTech, Meindl, Victorinox, Paul Boyé Technologies, SAFT, Elno, Thales, Radial Engineering, MSA Gallet, Le Planchais e Nexter Systems.

A arma de assalto será substituída por um modelo mais recente a ser adquirido no âmbito do programa AIF (Armement Individuel Futur) conduzido atualmente pela DGA. No âmbito do programa SCORPION (Synergie du COntact Renforcé par la Polyvalence et l’InfovalorisatiON) de modernização do exército, a DGA tenciona atualizar e introduzir a partir de 2023 a segunda geração FELIN V2.

Os veículos blindados Nexter Systems VBCI (Véhicule Blindé de Combat d'Infanterie), BAE Systems Hägglunds VBHM (Véhicule Blindé à Haute Mobilité) e parte dos Renault Trucks Defense VAB (Véhicule de l'Avant Blindé) estão hoje equipados com um sistema de integração do FELIN. Os planeados 1722 blindados 6x6 Griffon que o consórcio formado pela Nexter Systems, Renault Trucks Defense e Thales Communications & Security deverá entregar ao exército a partir de 2018 para substituírem a família VAB estarão igualmente preparados para o FELIN. (Victor M.S. Barreira)

(Defensa.com)

Fotografia: Combatentes FELIN armados com a arma de assalto FAMAS F1, a metralhadora ligeira MINIMI e o lançador AT-4CS (Victor M.S. Barreira).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]