Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

segunda-feira, 9 de março de 2015

F-16 com o registro de combates mais famoso de Israel, foi retirado de serviço ativo.

O General Dynamics F-16A Bloco 5 Fighting Falcon Netz 107 da Força Aérea Israelense, com o numero de cauda 107 e numero de fábrica 78-0311 / 6V-4, tem o registro de combate mais famoso de todos os F-16 da IAF.


O F-16 Netz 107 participou na Operação Opera também conhecida como Operação Babilônia, que consistiu no ataque preventivo ao reator nuclear no Iraque em 7 de Junho de 1981 num voo onde vários F-16A escoltados por F-15A destruíram o reator nuclear Osirak no Iraque. O mesmo F-16 em 1982 abateu 6,5 aeronaves inimigas entre 21 de Abril e 11 de Junho de 1982, o que o torna detentor do recorde de confrontos para um único F-16 em todo o mundo.


Os primeiros aviões F-16A/B chegaram a Israel em 1980 e foram colocados na Esquadra 117 na Base Aérea de Ramat David no dia 2 de Julho de 1980 e o F-16 107 foi o primeiro a tocar o solo israelense.
 
No dia de 7 de Junho de 1981 o 107 fez parte da missão para destruir o reator nuclear Iraquiano e foi o segundo F-16 a bombardear essa infraestrutura.



O F-16 Netz 107 registrou a sua primeira " kill " em 21 de Abril de 1982 quando o piloto Zeev Raz abateu um Mig-23 da Força Aérea da Síria, Em 9 de Junho de 1982 o piloto Eliezer Shkedi abateu dois Mig-23 sendo um deles junto com outro piloto israelense. E no dia 11 de Junho o piloto Eithan Stiva abateu 4 aeronaves sírias, 1 Mig-23, 2 Sukhoi 22 ( um deles foi abatido com o canhão Vulcan ) e um Gazelle. Vários anos depois o F-16 Netz 107 foi transferido para a Esquadra 253 juntamente com outros F-16A e B e no final de 2014, mais propriamente em Dezembro foi retirado de serviço e colocado em exposição no Museu da Força Aérea Israelense em Hatzerim.


Realmente uma história digna de registro para os entusiastas da aviação e apreciadores do F-16 como plataforma militar e quem puder visitar o museu este F-16A já lá está.

Blog do cannontwo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]