Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quarta-feira, 18 de março de 2015

Policiais da PM participam de curso com instrutor internacional


Ex-militar italiano ministrou treinamento para 30 agentes.


Policiais de unidades especializadas da Polícia Militar participaram, nesta segunda-feira (16/3), de um treinamento de tiro com um dos mais conceituados e rápidos profissionais do mundo, conhecido como "Instructor Zero". O curso foi ministrado para agentes do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), Grupamento Aeromóvel (GAM), Batalhão de Choque, Batalhão de Operações com Cães (BAC), além de integrantes do Centro de Instrução Especializada em Armamento e Tiro (CIEAT) e do Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP).


Realizada na sede do Bope, em Laranjeiras, a capacitação durou nove horas e incluiu técnicas de tiro de precisão, de resposta rápida e qualificada a ameaças e de tiros em alvos dinâmicos. O treinamento teve o objetivo de aprimorar a formação dos agentes e também de trocar experiências e compartilhar informações com o instrutor estrangeiro. No total, 30 policiais participaram do curso. A intenção é que os agentes atuem como multiplicadores, transmitindo o conhecimento adquirido para o restante de suas tropas.

– Temos uma doutrina de sempre buscar novas técnicas para aprimorar nossos serviços no dia a dia, defendendo a sociedade. O atirador é um instrutor reconhecido internacionalmente em técnicas diferenciadas para atuar no combate à criminalidade. Ele desenvolveu técnicas que visam a reações pormenorizadas, reflexos musculares e a forçar o condicionamento mental para uma tomada de decisão, o que melhora a qualidade do serviço. O Bope abriu as portas para que outras unidades da PM também participassem do treinamento – disse o subcomandante do Bope, major Maurílio Nunes.

                                        Video

video

Os cursos de capacitação ministrados pelo "Instructor Zero" são requisitados por forças policiais de todo o mundo, e cada treinamento custa, em média, US$ 2,5 mil por aluno. No entanto, o curso para a Polícia Militar do Rio de Janeiro foi oferecido gratuitamente. Essa foi a primeira vez que o ex-militar, de origem italiana, veio ao Brasil.

– É uma honra poder trabalhar com a Polícia do Rio, e especialmente com o Bope, que é uma lenda. Essa é uma experiência muito importante para mim, pois vou poder conhecer as técnicas que os policiais aplicam em seus ambientes e também trocar experiências com os agentes. Gosto de dizer que sou instrutor em meio período e um estudante no restante do tempo, então, sei que vou aprender muito aqui – afirmou Instructor Zero, que também já escreveu livros sobre suas atuações no Oriente Médio.

Governo do Estado do Rio de Janeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]