Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Iveco mostra alta tecnologia usada em veículos de Defesa no Brasil e exterior na LAAD 2015

Iveco Veículos de Defesa - Guarani

Blindado Guarani e veículo multitarefa serão atrações do estande da fabricante na principal feira de Defesa e Segurança da América Latina

Máquina camuflada, produzida pela New Holland Construction, marca do mesmo grupo industrial da Iveco, também será apresentada ao público.

A participação da Iveco Veículos de Defesa na LAAD 2015 – Feira Internacional de Defesa e Segurança -, de 14 a 17 de abril no Riocentro, no Rio de Janeiro, representa a consolidação da unidade de negócios no Brasil e a importância da marca no cenário internacional. No estande da fabricante, estará exposto o VBTP-MR Guarani, projeto desenvolvido em parceria com o Exército Brasileiro, cuja produção já atingiu a marca de 190 unidades desde que a fábrica foi inaugurada, em junho de 2013, em Sete Lagoas/MG. Também será apresentado ao público o LMV, um veículo leve multifuncional usado em missões de paz em vários países da Europa e Ásia, com mais de cinco mil unidades comercializadas.

A Iveco Veículos de Defesa, marca da CNH Industrial, tem origem italiana e mais de 75 anos de tradição no desenvolvimento e fabricação de soluções para as áreas de defesa e proteção civil. Com clientes em mais de 100 países, incluindo os países-membros da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), a marca comercializa uma gama completa de veículos multifuncionais, blindados e para transporte de cargas e tropas.

A unidade de Veículos de Defesa instalada na cidade mineira é a primeira da Iveco fora do continente europeu. A fábrica é responsável pela produção do blindado Guarani, que, gradativamente, vem substituindo os modelos Urutu e Cascavel, em operação há mais de 40 anos nas Forças Armadas. A criação da unidade representou a criação de 350 empregos diretos e 1400 indiretos, além da ativação de uma vasta cadeia de fornecedores nacionais para fabricar o novo veículo.

“A versatilidade da aplicação e a alta tecnologia usada na produção do Guarani estão atraindo a atenção de outras nações e isso é um marco para a indústria de defesa brasileira. A Iveco Veículos de Defesa possui tradição no desenvolvimento e fabricação de veículos de alta tecnologia para uso militar, que estão em operação em  vários países”, afirma Humberto Spinetti, diretor da Iveco Veículos de Defesa para a América Latina.

Blindado Guarani

Para produzir cada blindado, são necessárias cerca de 3.200 horas de trabalho. Com capacidade para transportar até onze pessoas, o Guarani pesa 18 toneladas, possui tração 6X6, pode chegar a 110 Km por hora e tem função anfíbia. Além de ar-condicionado, apresenta uma série de inovações tecnológicas, como sistema automático de detecção e extinção de incêndio e baixa assinatura térmica (o que dificulta sua localização pelos inimigos), entre outros.

As unidades entregues ao Exército Brasileiro são usadas em missões de pacificação, como ocorreu no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, durante a Copa do Mundo, e também em operações de combate ao crime organizado nas regiões fronteiriças do país. A plataforma do blindado poderá ser usada como base para o desenvolvimento e a produção de uma família de blindados em diferentes versões, entre as quais viaturas de reconhecimento, socorro, posto de comando, porta-morteiro e ambulância.

O blindado produzido pela Iveco possui um motor FPT Industrial Cursor 9 Euro V. Trata-se de um propulsor de 8.7 litros que oferece redução de até 4,5% no consumo de combustível em relação ao antigo motor Cursor 8 Euro III. O Cursor “militar” foi configurado para entregar 380 cavalos.

Especialmente para aplicação no Guarani, o motor recebeu reforços para atender as exigências da aplicação militar. A começar pela blindagem no alternador, responsável por gerenciar as fontes de energia elétrica como a bateria, e no módulo eletrônico de injeção de combustível. Além de estar blindado, o módulo foi montado em uma área mais protegida do veículo. As tampas do cabeçote do motor, originalmente de plástico, foram trocadas por tampas de ferro fundido.

Forte aceleração e respostas rápidas. Essas características marcam o desempenho do motor Cursor 9, e são resultantes das altas pressões de injeção de diesel do sistema eletrônico do motor, que favorecem a pulverização do combustível na câmara de combustão, e, consequentemente possibilitam uma queima mais eficiente. Para se ter uma ideia, a pressão de injeção de um motor a gasolina convencional em um carro popular chegam a 3 bar, enquanto o motor da FPT entrega 1.800 bar. Além de potente e forte, o motor FPT Cursor 9 tem uma vida útil de 8.000 horas.

LMV
 

Iveco Veículos de Defesa - LMV
Veículo tático para missões especiais com alto nível de proteção (balística e antiminas), o LMV tem agilidade comprovada em diversos tipos de terrenos e grande autonomia. O veículo já foi adotado por vários países que fazem parte da Otan, entre eles Itália, Espanha, Bélgica, Áustria, Inglaterra e Noruega. Atualmente, o LMV está sendo usado em operações no Afeganistão, Líbano, Kosovo e Chad.

                              New Holland Construction também fornece máquinas para o exército
New Holland Construction D150B camuflado
Além da Iveco, outra marca da CNH Industrial tem tradição no fornecimento de equipamentos ao Exército. A New Holland Construction,  que tem fábrica em Contagem (MG),  é fornecedora de equipamentos de construção para o Exército Brasileiro desde quando ainda era Fiatallis. A partir de 2005, mais de 120 unidades da marca – entre escavadeiras, motoniveladoras, retroescavadeiras, pá carregadeiras e tratores de esteiras – já foram entregues  às Forças Armadas, sempre com pintura camuflada. “A parceria com o Exército muito nos orgulha, pois atesta a qualidade e o desempenho operacional dos nossos equipamentos”, explica Marcos Rocha, gerente de Marketing de Produto da New Holland Construction para a América Latina.

Na LAAD 2015, a New Holland Construction levará um trator de esteiras, modelo D150 camuflado. “Com a transmissão hidrostática, a máquina utiliza o que há de mais avançado em termos de tecnologia de trem de força, além de possuir cabines espaçosas, ergonômicas e cada vez mais seguras para o operador”, completa Rocha.

A New Holland Construction é uma marca de máquinas para construção e infraestrutura. Seus equipamentos são distribuídos por mais de 115 concessionários em toda a América Latina. Hoje, são 52 produtos em uma linha completa, composta por escavadeiras, retroescavadeiras, motoniveladoras, tratores de esteiras, pás-carregadeiras, minicarregadeiras, miniescavadeiras e manipuladores telescópicos, que atendem às mais diversas aplicações em obras de infraestrutura, construção civil, mineração e agricultura, entre outros.

Iveco

Iveco, uma companhia da CNH Industrial, projeta, fabrica e comercializa uma completa gama de veículos comerciais leves, médios e pesados, caminhões fora-de-estrada, ônibus urbanos e intermunicipais, bem como veículos especiais para aplicações como combate a incêndios, missões off-road, defesa e proteção civil. A Iveco emprega mais de 26 mil pessoas em todo o mundo. A empresa gerencia centros de produção em 11 países distribuídos pela Europa, Ásia, África, Oceania e América Latina, onde fabrica veículos com as mais avançadas tecnologias. Um total de 5.000 pontos de vendas e postos de serviços em mais de 160 países garantem o suporte técnico onde quer que um veículo Iveco esteja em operação.




Iveco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]