Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quarta-feira, 8 de abril de 2015

Sagem vai melhorar o sistema FELIN do Exército Francês


A Francesa Sagem (do grupo Safran) anunciou no dia 3 de Abril a celebração de um contrato com a DGA (Direction Générale de l’Armement) para aportar diversas melhorias ao sistema integrado de modernização do soldado de infantaria FELIN V1 (Fantassin à Equipements et Liaisons Intégrés) ao serviço do Exército Francês. O contrato assinado no final de Dezembro de 2014 cobre o fornecimento em 2016 de 4000 conjuntos de adaptação no âmbito da padronização para a configuração FELIN V1.3 desenvolvida nos últimos anos pela Sagem em colaboração com a DGA e a Secção Técnica do Exército, a STAT (Section Technique de l'Armée de Terre).

Os melhoramentos introduzidos consistem principalmente em novas aplicações informáticas que permitem integrar novas funções para os atiradores de precisão armados com a espingarda Nexter Systems FRF2 de 7.62x51mm e os operadores do morteiro de 51mm Rheinmetall Defence Fly-K, assim como uma nova estrutura de transporte mais leve e que combina num único equipamento modular o colete de protecção balística e o colete táctico que acolhe as baterias, cabos, diversos equipamentos electrónicos e de comunicações, granadas, munições e itens de sobrevivência. O novo colete estará optimizado para melhor acomodar e permitir a operação mais eficaz do sistema de informação digital SITComDé (Système d’information terminal du Combattant débarqué). Este permitirá principalmente que o soldado quando desembarcado da viatura blindada aumente a sua de capacidade de movimentação melhorando assim a sua mobilidade no terreno, facilitando ainda a ventilação do mesmo quando projectado em ambientes quentes.

O sistema FELIN foi desenhado para aumentar a capacidade de protecção, comando e controlo, mobilidade, autonomia, navegação, observação, comunicação, letalidade e apoio do combatente de infantaria em cenários urbanos, desérticos, montanhosos e na selva, nas mais exigentes condições de utilização. O sistema recorre ao emprego de diversos equipamentos fabricados pela Sagem e por outras empresas Francesas e estrangeiras.

O Exército Francês recebeu em Janeiro de 2015 os últimos 310 sistemas de um contrato de 18.552 sistemas recebidos em serie a partir de 2010 para equipar 19 regimentos. Originalmente foram contratadas à Sagem 22 588 unidades do FELIN, número reduzido mais recentemente no âmbito da elaboração em 2013 do Livro Branco da Defensa e Segurança Nacional e da Lei de Programação Militar 2014-2019. As viaturas blindadas VBCI, VAB Ultima e VHM do exército estão hoje preparadas para a acolherem tropas equipadas com o FELIN. Nelas foram instalados o sistema de carregamento múltiplo de fontes CSM (Chargeur de Sources Multiples) e o dispositivo de junção BJF (Boîtier de Jonction Felin) que permitem carregar as baterias utilizadas pelos sistemas electrónicos do FELIN.

As viaturas blindadas de rodas 6x6 Griffon e Jaguar que um consórcio formado pelos fabricantes Franceses Nexter Systems, Renault Trucks Defence e Thales Communications & Security desenvolve no âmbito do programa de modernização SCORPION (Synergie du COntact Renforcé par la Polyvalence et l’InfovalorisatiON) estarão preparadas para o FELIN. A futura espingarda automática de 5.56x45mm que a França prevê adquirir no âmbito do programa AIF (Armement Individuel Futur) deverá permitir ser integrada no FELIN.A partir de 2025, o Exército Francês prevê introduzir no âmbito do programa SCORPION a versão FELIN V2 que trará importantes melhoramentos fruto da futura evolução da tecnologia.

(Defensa.com) (Victor M.S. Barreira)

Fotografia: Soldados FELIN armados com metralhadoras FAMAS F1 e MINIMI, lança foguetes AT4 CS e a arma de precisão FRF2

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]