Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Força Aérea Portuguesa realiza missões na Roménia


Os quatro caças Lockheed Martin F-16AM Fighting Falcon da Força Aérea Portuguesa (FAP) presentes em território Romeno desde o início de Maio no âmbito da missão "Falcon Defence 15" já realizam operações de policiamento aéreo sob a égide da NATO naquela nação do leste Europeu. A projeção dos caças Portugueses na Roménia integra as medidas de afirmação adotadas pela NATO com o intuito de promover a segurança e defesa coletiva no flanco sul da Europa. Adicionalmente, a FAP desenvolve atividade de treino operacional com a sua homologa Romena.

Os quatro caças Portugueses das esquadras 201" Falcões" e 301 "Jaguares" da Base Aérea Nº5 de Monte Real e cerca de 90 elementos das áreas de operações, manutenção, logística, comunicações, sistemas de informação e relações públicas conduzem as suas operações a partir da Base Aérea Nº 71 de Câmpia Turzii na região Romena da Transilvânia. Um total de quatro controladores aéreos do Centro de Relato e Controlo (CRC) "Batina" da FAP estão permanentemente destacados no Centro de Relato e Controlo da Força Aérea Romena, na Cidade de Bucareste. O contingente Português irá permanecer em território Romeno até ao final do mês de Junho.

A missão Portuguesa aprovada pelo Conselho Superior de Defesa Nacional (CSDN) e pelo seu homólogo romeno decorre como consequência da implementação pelos órgãos da NATO em Abril de 2014 da Diretiva Estratégica do Comandante Supremo Aliado da Europa para a Implementação de Medidas Imediatas de Afirmação, a qual atribuiu um conjunto de tarefas aos seus comandos subordinados.

É já a quarta vez que a FAP realiza operações de policiamento aéreo fora do território nacional depois de em 2007 e 2014 ter integrado a partir da Base Aérea de Šiauliai na Lituana as operações de policiamento aéreo no báltico da NATO, e em 2012 na Islândia onde realizou missões similares naquela rega a partir do aeroporto de Keflavik.A Força Aérea Portuguesa opera hoje 39 caças F-16MLU Fighting Falcon, dos quais 33 são F-16BM Fighting Falcon monolugar e os restantes F-16BM Fighting Falcon bilugar. A FAP recebeu um total de 45 caças F-16A/B Block 15 OCU no âmbito dos programas Peace Atlantis I/II, dos quais 39 estão hoje modernizados na configuração de atualização de meia-vida ou MLU (Mid Life Update).

A partir de Setembro de 2016 e até 2017, a Força Aérea Romena irá receber 9 caças F-16AM Fighting Falcon e três F-16BM Fighting Falcon do inventário da Força Aérea Portuguesa que permitirão a substituição progressiva dos MiG-21 LanceR.

(Defensa.com - Victor M.S. Barreira)

Fotografia: Caças F-16AM Fighting Falcon realizam atualmente missões aéreas em território Romeno (FAP).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]