Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

domingo, 3 de maio de 2015

Nota à Imprensa - avaria no NDD Ceara ( G-30)

NOTA À IMPRENSA

Brasília-DF, 2 de maio de 2015.


Avaria no Navio de Desembarque-Doca “Ceará”

Em complemento à Nota à Imprensa emitida hoje pelo Comando do 4º Distrito Naval, a Marinha do Brasil (MB) informa que, em 10 de abril, enviou o Navio de Desembarque-Doca (NDD) “Ceará” (G30), para realizar a Comissão Haiti XXI. Sua missão era transportar material da Força de Fuzileiros da Esquadra e do Exército Brasileiro, em apoio ao contingente brasileiro da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (MINUSTAH).

A partir da desatracação da Base Naval do Rio de Janeiro (BNRJ), o Navio cumpriu a cinemática prevista, tendo atracado no porto de Fortaleza, para fins logísticos, no período compreendido entre 17 e 20 de abril.

 Após a partida de Fortaleza, o NDD “Ceará” rumava para Porto Príncipe (Haiti), sua próxima escala prevista, onde desembarcaria o material logístico da MINUSTAH. Em 28 de abril, quando já se encontrava nas proximidades da Guiana Francesa, ocorreu uma avaria no sistema de propulsão, o que impossibilitou dar continuidade à viagem.

A Marinha deslocou o Navio-Patrulha “Guarujá”, a fim de prestar apoio ao NDD “Ceará”, bem como acionou dois rebocadores para auxiliar o Navio no seu retorno ao porto de Belém-PA, local onde está sediada a Base Naval de Val-de-Cães, Organização Militar mais próxima capaz de prover os reparos necessários.

Na noite do dia 29 de abril, no G30, ocorreu um acidente com um militar, não havendo qualquer relação deste episódio com a avaria do sistema de propulsão. O tripulante sofreu uma contusão na cabeça, ao cair de uma escada, quando realizava suas atividades laborais, sendo atendido pela equipe médica do Navio. Em que pese ter sido constatada uma boa condição clínica do paciente após o acidente, foi efetuada, por medida de precaução adicional, a sua remoção, a fim de realizar uma tomografia.

Em 30 de abril, acompanhado de um médico do NDD “Ceará”, o militar foi transferido por uma aeronave francesa até a cidade de Caiena, onde recebeu atendimento médico especializado, sendo ratificado o quadro clínico estável. O tripulante foi conduzido, então, para Belém, onde foi realizado novo atendimento no Hospital Naval local, tendo recebido alta hospitalar e passa bem.

É importante esclarecer, ainda, que em momento algum houve explosão a bordo do “Ceará”, ou qualquer outra avaria ou situação que colocasse em risco a sua tripulação.
No momento, o Navio encontra-se a 33 milhas náuticas (MN) do litoral da Guiana Francesa e a cerca de 500 MN de Belém. O Navio está em condições seguras, com energia de bordo e aguardando a chegada dos dois rebocadores, o que está previsto para ocorrer na manhã de 3 de maio.

Adicionalmente, a MB informa que no dia 1º de maio, o NDCC “Almirante Saboia” desatracou da BNRJ com destino ao porto de Belém, onde deverá chegar em 11 de maio para receber o material e pessoal de apoio embarcados no NDD “Ceará” e prosseguir na realização da Comissão Haiti XXI. O “Almirante Saboia” tem previsão de chegar a Porto Príncipe em 25 de maio e regressar ao Rio de Janeiro no dia 26 de junho de 2015.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]