Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Turquia derrubou helicóptero sírio por violar espaço aéreo


O ministro da Defesa da Turquia, Ismet Yilmaz, afirmou neste sábado que a força aérea de seu país derrubou hoje um helicóptero sírio que tinha invadido o espaço aéreo turco. "Um helicóptero sírio que tinha adentrado sete milhas após a fronteira turca foi derrubado na região de Cilvegözü", explicou Yilmaz em um discurso na cidade de Sivas. "Felicito as forças militares", acrescentou o ministro, segundo a informação divulgada pela emissora "CNNTÜRK".

A operação foi realizada por um F-16 turco que decolou da base aérea de Incirlik, na província sulina de Adana, e derrubou o helicóptero, que, segundo testemunhas citadas na imprensa local, teria caído em três partes em território sírio.

Por sua parte, as autoridades sírias acusaram hoje a Turquia de ter derrubado um avião não-tripulado do exército de Bashar al Assad na província síria de Idlib, na fronteira com o país vizinho, segundo disse à Agência Efe uma fonte oficial. A fonte, que pediu anonimato, explicou que "um drone pequeno estava sobrevoando Idlib, no norte, para vigiar os terroristas. Não violava o espaço aéreo turco em absoluto". Além disso, afirmou que o governo de Ancara ajuda os terroristas" com este ato, que qualificou de "agressão desavergonhada". A fonte não quis revelar se o Executivo sírio tem intenção de responder à ação da Turquia.

Não é a primeira vez que se produz um incidente similar na fronteira entre ambos Estados. Em março do ano passado, a Síria acusou a Turquia de ter derrubado um de seus caças-bombardeiros, que "perseguia terroristas em território sírio", o que foi negado por Ancara, que garantiu que o incidente tinha ocorrido em território turco. Em junho de 2012, um avião militar turco caiu no Mar Mediterrâneo após ser abatido pela defesa antiaérea síria.

As relações entre os países é tensa porque o regime de Bashar al Assad culpa a Turquia de apoiar os grupos armados que operam em seu território. A Turquia abriga, além disso, a sede da principal aliança política opositora, a Coalizão Nacional Síria (CNFROS).

Portal Exame.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]