Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Militares concluem 1º Curso de Diplomacia de Defesa da Escola Superior de Guerra


Brasília, 25/06/2015 – Foi realizada, na manhã desta quinta-feira (25), solenidade de encerramento da 1ª edição do Curso de Diplomacia de Defesa. Na ocasião, 12 militares das Forças Armadas receberam diplomas e distintivo da capacitação, oferecida pela Escola Superior de Guerra (ESG) do campus Brasília (DF). O evento aconteceu no auditório do Ministério da Defesa (MD).

O curso teve duração de três meses e foi dividido em fases à distância e presencial. Ao longo do período, os estagiários – como são chamados – tiveram disciplinas de Direito e Relações Internacionais, Sociologia, Geopolítica, Economia, Desenvolvimento e Inteligência Estratégica, entre outras. 

Na cerimônia, o comandante da ESG, brigadeiro Rafael Rodrigues Filho, explicou que a qualificação visa preencher uma lacuna em diplomacia de defesa. Segundo ele, o currículo abrangeu proposta inovadora em base teórica e teve como público-alvo oficiais superiores que irão atuar como adidos militares, negociadores internacionais e assessores em diversas áreas de defesa. “Este curso é o começo para a continuidade do aperfeiçoamento de suas carreiras, de acordo com os cargos que ocupam”, salientou.

Como tradição da Escola, um aluno é sempre escolhido para ser orador. Neste caso ficou a cargo do capitão-de-mar-e-guerra, Carlos Radicchi, falar em nome da Turma Alexandre Gusmão. Ele ressaltou a confiança que a sociedade deposita na Marinha, no Exército e na Aeronáutica, citando pesquisa recente da Fundação Getúlio Vargas. No entanto, alertou para o que chamou de “paradoxo sobre o tema”. “Enquanto as Forças Armadas gozam de prestígio junto à população brasileira, debates em defesa ainda são desconhecidos.”

Radicchi agradeceu a oportunidade de ter feito a capacitação, que contou com aulas, palestras, simpósios e seminários. Por fim, ele comparou militares a diplomatas, “no cultivo à ética, amor à pátria e hierarquia”.

A solenidade foi encerrada com a aposição – por familiares e demais paraninfos – dos distintivos da nova qualificação na farda (uniforme) dos concludentes. Também houve descerramento de placa com o nome dos formandos da turma Alexandre Gusmão.
 


Além do comandante da ESG, estiveram presentes o diretor do campus da Escola em Brasília, brigadeiro Delano Teixeira Menezes, e o coordenador de 1ª edição do Curso de Diplomacia de Defesa, coronel Gustavo Souza Abreu.

A Escola Superior de Guerra é um centro de altos estudos de Política, Defesa e Estratégia, e faz parte da estrutura do MD. Tem como missão realizar pesquisas para compreender a realidade nacional e internacional, e preparar civis e militares para formular políticas relativas ao desenvolvimento, à segurança e à defesa nacionais.

Ministério da Defesa


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]