Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Rival da Embraer, jato da Mitsubishi faz primeiro teste


Aeronave regional MRJ realizou seu primeiro taxiamento em aeroporto no Japão

Ricardo Meier

Líder nas vendas de aviões regionais no mundo, a Embraer tem apenas um concorrente de peso, a Bombardier. Mas essa fase deve acabar em breve com a chegada de novos rivais. Um deles concluiu nessa segunda-feira (8) o primeiro teste dinâmico com seu protótipo. Estamos falando do MRJ, um jato regional desenvolvido pela Mitsubishi.

O primeiro protótipo do MRJ, que havia sido apresentando em outubro do ano passado, realizou testes de taxiamento no Aeroporto de Nagoya, o que incluiu aceleração e frenagens além de avaliação de controle de direção da aeronave (veja o vídeo abaixo).

O jato deverá realizar seu primeiro voo entre setembro e outubro e a Mitsubishi já tem uma carteira recheada de clientes – segundo a fabricante, são 407 pedidos, sendo 223 firmes.

Família regional

O MRJ tem semelhanças expressivas com a família de jatos da Embraer. Ele possui versões de 70 a 90 assentos, configuração bimotor (turbinas Pratt&Whtiney) com asa baixa e empenagem convencional. São fileiras de 4 assentos como nos aviões brasileiros e duas versões sugeridas, com 78 lugares (MRJ70) e 92 lugares (MRJ90), ambos com pitch entre as poltronas de 29 polegadas. A largura interna da cabine tem 2,76 m, ou seja, apenas 2 cm maior que a dos jatos da Embraer.

A Mitsubishi, apesar de ter uma carreira mais discreta na aviação nos últimos anos, possui uma história longa no setor. Se a MAC (Mitsubishi Aircraft Corporation) possui apenas sete anos, a ligação com a aviação vem desde a década de 1920 e sua maior contribuição foi o caça A6M Zero, considerado um dos melhores aviões do tipo na Segunda Guerra.

UOL

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]