Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

sábado, 27 de junho de 2015

Solenidade celebra o Dia da Aviação de Busca e Salvamento da FAB


A cerimônia foi presidida pelo Presidente do Superior Tribunal Militar, Tenente-Brigadeiro do Ar Willian.

A Força Aérea Brasileira (FAB) celebrou nesta sexta-feira (26/06) o Dia da Aviação de Busca e Salvamento. O evento em comemoração a data foi realizado na Base Aérea de Campo Grande e contou com a presença dos militares e ex-integrantes dessa aviação. A cerimônia foi presidida pelo Presidente do Superior Tribunal Militar (STM), Tenente-Brigadeiro do Ar Willian de Oliveira Barros.

Durante a cerimônia, os militares da busca e salvamento foram homenageados com a Medalha Mérito Operacional Brigadeiro Nero Moura e Prêmio Eficiência. Ex-integrantes também participaram do evento. O Suboficial da reserva Jorge da Luz dedicou quase 30 anos de sua vida a resgatar pessoas. “O momento que mais marcou minha carreira foi o resgate de uma menina de oito anos. Quando eu desci para resgatá-la ela pediu para que levasse também a boneca que segurava. Depois de 10 anos, eu tive a oportunidade de reencontrá-la e foi uma emoção muito grande. Esse é o lema da minha vida: para que outros possam viver”.

A responsabilidade dos militares da busca e salvamento tem uma dimensão de 22 de milhões de km². A área SAR, do inglês Search and Rescue, abrange todo o território brasileiro, o mar territorial e uma extensa faixa das águas internacionais do Oceano Atlântico. Os homens e mulheres dessa atividade dedicam suas vidas para salvar outras vidas. “Eu escolhi participar da busca e salvamento pelo simples fato de poder ser útil para a nação”, revela o resgateiro Suboficial Murilo Rocha dos Santos, do Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento (EAS).

O Tenente-Brigadeiro Willian também faz parte da história de busca e salvamento da FAB, ele foi comandante do Esquadrão Pelicano. “Toda a população é assistida continuadamente nos casos de enchentes, calamidades públicas, onde o braço da Força Aérea participa salvando vidas e minimizando o sofrimento dos nossos concidadão brasileiros”, explica o oficial-general.

“Eu sabia que vocês viriam”


O dia 26 de junho entrou para a história por marcar o desfecho da maior operação de busca e salvamento da aviação brasileira. Tudo começou quando uma aeronave da FAB foi acionada, em Belém no Pará, para levar reforços à Cachimbo, no sul do estado. O Destacamento da Aeronáutica da região estava prestes a ser atacado por indígenas. Um avião C-47 - o FAB 2068 - foi acionado para a missão. A rota prevista seria de Belém para Jacareacanga e de lá para Cachimbo.

Após reabastecimento na cidade de Jacareacanga a aeronave decolou rumo a Cachimbo, mas o aeródromo da região não era visível, encoberto por uma densa camada de nuvens. O comandante decidiu retornar porém, o campo de Jacareacanga também não foi encontrado. Às 2h35, o 2068 comunicou por rádio que seguiria na direção de Manaus. As comunicações cessaram às 4h52 com uma sequência dramática de mensagens. “Estamos alijando a carga. Vamos ter gasolina para fazer um pouso de emergência. Nossa proa é de 330°. Embandeiramos o motor direito. Acho que a gasolina está no fim. Vamos pousar sem condições. Vou frenar...”.


Longe dali, iniciou-se a operação de busca e salvamento que envolveu as 32 aeronaves disponíveis na época, inclusive um avião C-130 da Força Aérea Americana que participava de manobras nas Guianas, e contou com o suporte fornecido por um navio-hidrográfico da Marinha do Brasil. Foram consumidos quase um milhão de litros de combustível para realizar 1.100 horas de voo.

Após 10 dias de buscas, no dia 26 de junho, a aeronave Albatroz do Esquadrão Pelicano transmitiu a notícia mais aguardada por todos: “Achamos o 2068!”. Dos 25 passageiros, apenas sete sobreviveram. Quando a equipe de resgate conseguiu acessar o local, um dos sobreviventes, Tenente Velly, disse a seguinte frase: “Eu sabia que vocês viriam”. Essas palavras se tornaram um símbolo do serviço de busca e salvamento.

Assista ao vídeo e acompanhe como foi a cerimônia:


Agência Força Aérea.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]