Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Associações e federações de indústria de defesa debatem ações para o setor

Associações e federações de indústria de defesa debatem ações para fortalecer o setor

Brasília, 30/07/2015 – Representantes da Secretaria de Produtos de Defesa (Seprod) do Ministério da Defesa se reuniram na última terça-feira (28) com associações de empresas e federações de indústrias para discutir os principais desafios do setor. Os debates foram realizados durante a 4ª reunião do Fórum das Indústrias de Defesa (FID), órgão colegiado de apoio à Comissão Mista da Indústria de Defesa (CMID).

Na ocasião, o diretor do Departamento de Produtos de Defesa (Deprod) e Secretário-Executivo da CMID, brigadeiro José Augusto Crepaldi Affonso, destacou que fortalecer a Base Industrial de Defesa (BID) é uma função de suma importância, prevista na Estratégia Nacional de Defesa (END). “Organizar e fortalecer o setor é assegurar autonomia para o país e é isso o que queremos fazer”, disse.

Entre as ações em análise pela pasta nesse sentido, o brigadeiro destacou algumas políticas de incentivo. De acordo com ele, por se tratarem de temas transversais que, muitas vezes, ultrapassam os limites da Defesa, entrando em outras áreas como Inovação e Comércio Exterior, é preciso trata-los com o devido cuidado para que, no futuro, possam ser implementados sem entraves. É o caso da Política de Compensação Comercial, Industrial e Tecnológica que estabelecerá requisitos para acordos de offsets que beneficiem o país, trazendo tecnologias fundamentais para os setores que mais precisam.

Também se falou sobre a Política de Obtenção Conjunta, que busca criar mecanismos para que o Ministério da Defesa possa coordenar futuras aquisições de produtos de defesa comuns à Força Armada, propiciando maior integração e economia, a exemplo do que ocorreu no projeto HX-BR com a compra conjunta de helicópteros para Marinha, Exército e Aeronáutica.

O presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança (Abimde), Sami Hassuani, participou do encontro e destacou a importância do apoio do Ministério da Defesa para que outros setores do governo também se empenhem em buscar saídas para as demandas do setor.

“Esse é um fórum que precisa existir e que precisa ser permanente. Percebo do ministério uma vontade de dinamizar os processos e nós vamos apoiar integralmente”, afirmou.

De acordo com ele, é preciso mostrar para a sociedade que fortalecer a indústria de defesa é fortalecer o país como um todo. “Juntos, entidades representativas e MD, teremos condições de envolver as outras áreas que são fundamentais para dirimir entraves, especialmente de exportação e financiamento, como os ministérios da Fazenda, Planejamento e Relações Exteriores”, concluiu.

Ficou estabelecido o prazo de até o próximo dia 25 de agosto para que as entidades enviem ao ministério críticas e sugestões que possam contribuir com as políticas relacionadas à Base Industrial de Defesa e que estão sendo elaboradas pela pasta.

Ministério da Defesa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]