Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Ministro Wagner visita organizações militares da Força Aérea Brasileira em Natal


Natal (RN), 15/7/2015– Durante a manhã desta quarta-feira (15), o ministro da Defesa, Jaques Wagner, conheceu algumas organizações militares da Aeronáutica, localizadas em Natal (RN). Na ocasião, passou pelo Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) e pela Base Aérea, além de ter visitado unidades sediadas da Força. A visita foi acompanhada pelo comandante da Aeronáutica, tenente-brigadeiro-do-ar Nivaldo Luiz Rossato.
 


Logo nas primeiras horas do dia, Wagner percorreu a Barreira e assistiu palestra do diretor do CLBI, coronel Maurício Lima de Alcântara. O Centro é responsável por lançar e rastrear foguetes. É referência nas áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação e, até 2016, está certificado com o ISO 9001 de qualidade.

Na ocasião, o coronel Alcântara repassou ao ministro e comitiva dados referentes ao número de lançamentos realizados no local. De 1965 até 2015 foram 3003, sendo 2443 nacionais e 560 estrangeiros. Ao todo, 357 militares e 71 civis atuam no CLBI. “A gente encara a excelência como conceito-chave do nosso trabalho”, salientou o diretor.

A instituição já realizou o envio de foguetes do Sistema Astros, ademais de drones para testes de mísseis. “Em cooperação com a Universidade de Munique, na Alemanha, fizemos o lançamento de um foguete todo projetado e criado em ambiente universitário. Foi a Operação WARR-EX2”, disse Alcântara.

A Barreira possui importantes acordos e convênios. Desde 1977 tem parceria com a Agência Espacial Europeia (ESA). Também abriga profissionais do Projeto Tamar, de preservação de tartarugas marinhas. Além disso, desenvolve o programa AEB Escola, em conjunto com a Agência Espacial Brasileira, onde são ministradas aulas sobre astronomia e astronáutica para professores – cujos conhecimentos poderão ser disseminados.

O diretor do CLBI anunciou, ainda, a ideia de desenvolver um lançador hipersônico. Como a tecnologia utiliza-se de onda sônica, é alimentada por combustível e poderá atingir velocidades maiores.

Base Aérea
Na Base Aérea de Natal (BANT), Jaques Wagner participou de formatura. Em seu discurso, o comandante da BANT, tenente-coronel Antonio Santoro, destacou a criação de sua instituição em plena “Segunda Grande Guerra”, na data de 2 de março de 1942.


Após fazer breve relato histórico sobre a unidade militar, enfatizou que “decorridos 73 anos desde sua ativação, a Base Aérea de Natal consolidou-se no firme propósito de formar operacionalmente os aspirantes da Força Aérea, instruindo-os para o combate”. A formatura foi encerrada com desfile da tropa em continência ao ministro.

A BANT engloba seis grandes organizações ligadas à Aeronáutica e tem como missão prover apoio aos demais quartéis da região. O comandante da 1ª Força Aérea (FAE), brigadeiro Hudson Potiguara, contou que na FAE é ministrado programa de especialização operacional para pilotos e controladores de voo.

Atualmente, os aspirantes aviadores da Força passam um ano em Natal para aperfeiçoamento e habilitação em piloto de caça, transporte e patrulha, e helicópteros.

Depois de visitar todas as instalações e grupamentos da Base, Jaques Wagner voou em um A-29 Super Tucano. A aeronave é um turbo hélice usado para o monitoramento das fronteiras do país.

Ministro de Defesa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]