Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

terça-feira, 14 de julho de 2015

Tecnologias do futuro ecologicamente corretas e eficientes são testadas no demonstrador Bluecopter, da Airbus Helicopters


- O avançado Fenestron® e um novo sistema de rotor aumentam o rendimento e reduzem ruídos.


- Operação monomotor reduz o consumo de combustível durante voo de cruzeiro.

- Conceito de design aerodinâmico integrado aumenta a eficiência da aeronave.

O futuro dos voos em helicópteros será mais silencioso e o consumo de combustível mais eficiente. É o que a Airbus Helicopters comprovou por meio de seu Bluecopter, um demonstrador no qual são testadas e validadas diferentes tecnologias de ponta, desde avançados Fenestron® e rotor principal, até uma concepção inovadora para a célula da aeronave e a gestão inteligente da potência do motor.

As mais de 28 horas de voo de avaliação em todo o envelope de voo permitiram que o Bluecopter confirmasse a viabilidade dos avanços alcançados pela Airbus Helicopters em termos de tecnologias da nova geração que trouxessem eficiência ecológica e maior respeito ao meio ambiente.

Utilizando um helicóptero biturbina médio como plataforma de demonstração, o Bluecopter incorpora tecnologias transversais aplicáveis a toda gama de produtos da marca. O demonstrador foi apresentado na última semana ao público na base da Airbus Helicopters de Donauworth, na Alemanha.

“Ao reunir as melhores inovações da empresa, abrimos caminho para uma nova geração de helicópteros que se diferenciará no mercado pelo menor nível de ruído, consumo mais baixo de combustível e maior eficiência operacional”, explica Marius Bebesel, diretor do programa de Pesquisa e Inovação e responsável pelo demonstrador Bluecopter. “Com este equipamento, conseguimos atingir nossos objetivos: diminuir o consumo de combustível em 40%, reduzir de forma significativa a emissão de CO2 e suavizar o nível efetivo de ruído percebido (sigla em inglês EPNdB) em 10 decibéis, abaixo do limite estabelecido pela certificação da ICAO, enquanto aumentamos a carga útil e o conforto dos passageiros”.

O Fenestron® se apresenta ainda mais evoluído no Bluecopter, com melhorias no desempenho obtidas através da otimização dos desenhos das pás e do estator. O revestimento acústico incorporado na carenagem do Fenestron® e o leme ativo do estabilizador vertical também contribuem para a redução dos ruídos.

Já o novo sistema de rotor melhora a eficácia operacional ao mesmo tempo em que atenua o impacto acústico. O sistema de rotor principal de cinco lâminas estilo BlueEdge™, caracterizadas pelo diâmetro maior, tem velocidade consideravelmente menor na ponta e melhor distribuição de torção ao longo do seu comprimento.

Para alcançar os objetivos de redução de emissão de CO2, foi incluído um sistema de gestão da alimentação do motor. Em velocidade de cruzeiro, pode-se optar pelo modo ecológico, parando um dos motores. Assim, o motor ativo funciona com maior eficiência, enquanto o consumo de combustível se reduz consideravelmente. O “modo ecológico” está integrado a um sistema automático de controle que auxilia a tripulação e garante um funcionamento seguro da aeronave.

O demonstrador apresenta diferentes características a fim de reduzir a resistência aerodinâmica do helicóptero, incluindo carenagens para a cabeça do rotor principal e os esquis de aterrissagem. A estrutura traseira também é uma novidade em termos de concepção, apresentando um estabilizador horizontal em formato de “T”.

A faceta ecológica do demonstrador Bluecopter é também percebida em seu esquema de pintura, para o qual foram utilizadas modernas tecnologias com tinta à base d’água.

A elaboração do Bluecopter fez parte do projeto de inovação de curta duração, do tipo “skunkworks”, cujo financiamento veio principalmente dos recursos próprios da empresa. Algumas tecnologias integradas ao demonstrador foram desenvolvidas pela iniciativa tecnológica europeia conjunta denominada Clean Sky e pelo programa alemão de pesquisa LuFo-IV.

Airbus Helicopters/ Charles Abarr

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]