Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Boeing constrói canhão laser que incendeia drone em apenas 2 segundos


Wired/Jordon Golson

Apenas 2 segundos. É esse o tempo necessário para que um drone seja incendiado pela mais nova arma desenvolvida pela fabricante de aviões Boeing. Com 2 quilowatts de potência, o canhão não chega a causar explosões, mas pode colocar por terra as cada vez mais populares aeronaves não tripuladas.

O projeto foi desenvolvido com o objetivo de lidar com ameaças através de recursos de baixo custo, conforme explica David DeYoung, diretor de divisão de sistemas de energia da empresa.

Para controlar o canhão, basta emparelhar ao software da arma um controle de Xbox. Modos automático ou manual as as formas de controle admitidas pelo equipamento, que pode, inclusive, ser instalado sobre uma plataforma que esteja em movimento. Esta é uma versão portátil do High Energy Laser Mobile Demonstration (HEL MD), equipamento já demonstrado pela Boeing em 2014.

Solução barata e eficiente


Drones têm sido usados para as mais diversas finalidades – desde a entrega de comida até o transporte de drogas. E, justamente devido à sua dinamicidade, as aeronaves podem representar novas ameaças.

A solução apresentada pela Boeing, portanto, está para além de tecnologias dedicadas à interrupção dos sinais de comunicação dos pequenos aviões. Além de destruir o drone, o canhão laser promete um funcionamento eficaz por anos e com manutenção básica e barata.

TECMUNDO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]