Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Chegam ao Brasil mais dois SH-16 Seahawk para o 1º Esquadrão de Helicópteros Anti-Submarino

Aeronaves SH-16 Seahawk a bordo do C-17 da USAF


Uma aeronave Boeing C-17 Globemaster III da Força Aérea dos Estados Unidos (USAF), proveniente da cidade de Charleston – Carolina do Sul (EUA), pousou no Aeroporto Internacional de Cabo Frio (RJ), no dia 10 agosto, para realizar o transporte de dois SH-16 Seahawk, numerais N-3036 e N-3037, que completarão o inventário de seis novas aeronaves do 1º Esquadrão de Helicópteros Anti-Submarino (HS-1).

Em 2012, a Marinha do Brasil (MB) substituiu os SH-3A/B Seakings pelos Seahawks. Na época, o recebimento dos helicópteros foi totalmente conduzido pela Sikorsky, fabricante das aeronaves. 


Três anos depois, a MB adquiriu amplo conhecimento para a operação e manutenção do meio, sendo todo o recebimento da N-3036 e N-3037 conduzido pelos Oficiais e Praças especialistas do Esquadrão “Guerreiro”, com apoio da Diretoria de Aeronáutica da Marinha, Grupo de Fiscalização e Recebimento de Helicóptero Multi-Emprego e Depósito Naval no Rio de Janeiro.

Após a conclusão da compra destes seis helicópteros, podemos afirmar que a Marinha do Brasil tem uma aeronave multiemprego que é o "Estado da Arte” na Operação ASW (Anti-Submarine Warfare) e ASuW (Anti-Surface Warfare) cumprindo, assim, a missão que é atribuída ao HS-1: “Detectar, localizar, acompanhar e atacar alvos submarinos e alvos de superfície, a fim de contribuir para a proteção das Forças e Unidades Navais” e, além disso, elevar o nível de adestramento e aprestamento da Força Aeronaval.

Marinha do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]