Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Explosão deixa um morto e dezenas de feridos em Kiev


Granada arremessada a partir de grupo de nacionalistas fere cerca de 90 policiais e mata um diante do Parlamento ucraniano. Manifestantes protestavam contra reforma que prevê maior autonomia para regiões separatistas.

 Manifestantes e policiais entraram em confronto, e uma explosão deixou dezenas de feridos e um morto diante do Parlamento ucraniano em Kiev, nesta segunda-feira (31/08). Os conflitos tiveram lugar enquanto legisladores aprovavam um controverso projeto de reformas constitucionais para conceder maior autonomia a regiões do leste do país, controladas por separatistas pró-Rússia.

Uma granada foi arremessada a partir de grupo de nacionalistas que protestava no local. Cerca de 90 membros da guarda nacional ficaram feridos, e um morreu, segundo o Ministério do Interior ucraniano.

As medidas pré-aprovadas pelo Parlamento atendem exigências do Ocidente e são um elemento-chave do acordo de Minsk, assinado em fevereiro por Kiev e separatistas e que estabelece um cessar-fogo na região.

Numa sessão tumultuada, 265 dos 450 parlamentares votaram a favor do projeto de lei que prevê uma"descentralização",proposta pelo presidente Petro Poroshenko no intuito de amenizar o ímpeto separatista em partes das regiões de Donetsk e Lugansk.

Entretanto, muitos aliados da coalizão governista se pronunciaram contra as mudanças constitucionais, o que gera dúvidas quanto à aprovação final do texto, para a qual serão necessários 300 votos. A votação deve ser realizada ainda este ano.

DW - Deutsche Welle.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]