Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Base Aérea de Santa Cruz poderá operar voos comerciais


Por solicitação da Deputada Federal, Clarissa Garotinho, e a pedido da ABIH-RJ e do Rio CVB, foi realizada no último dia 27 de agosto, reunião no gabinete da Secretaria de Aviação Civil, em Brasília, para dar andamento à pauta sobre uso comercial da Base Aérea de Santa Cruz, localizada na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Além da parlamentar, o encontro contou com a presença do ministro Eliseu Padilha, do secretário executivo, Guilherme Mora, do secretário de Aviação Civil, Juliano Noman, e de representantes das entidades envolvidas. O ministro solicitou um prazo de 15 dias para apresentar um estudo técnico prévio sobre a viabilidade do projeto.

A utilização da Base Aérea por voos comerciais reduzirá em até 15 minutos a ponte aérea Rio/SP e beneficiará, principalmente, os moradores da Barra da Tijuca, região que até 2016 ganhará cerca de12 mil quartos em sua rede hoteleira. E outras regiões também serão favorecidas, como os municípios turísticos de Mangaratiba, Angra dos Reis e Paraty, além do Porto de Itaguaí.

PORTAL MERCADO E EVENTOS (RJ)

Um comentário:

  1. Desnecessário. O Rio já conta com aeroportos com ociosidade alarmante. Essa medida pioraria ainda mais o quadro de ociosidade dos aeroportos cariocas, enfraquecendo-os ainda mais, e não traria absolutamente nenhum benefício nem mesmo para os moradores da Barra, uma vez que com a Linha Amarela o Aeroporto do Galeão se tornou bastante acessível para aquela região da cidade. O deslocamento até Santa Cruz é muito mais complicado do que simplesmente seguir uma linha reta até o Galeão.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]