Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Em Pequim, Wagner se reúne com ministro da Defesa da China e visita indústrias


Brasília, 02/09/2015 - Com objetivo de consolidar a parceria entre Brasil e China, o ministro da Defesa, Jaques Wagner, está em missão oficial de quatro dias ao país. Wagner iniciou  a série de compromissos ontem (1º), com uma rodada de visitas às indústrias chinesas, se reuniu com autoridades militares e amanhã (3) representará a presidenta Dilma Rousseff nas comemorações dos 70 anos da vitória dos aliados na Segunda Guerra Mundial no Oriente.

Ontem (1º), durante uma hora, Jaques Wagner se reuniu com o ministro da Defesa chinês, Chang Wanquan, para aprofundar entendimentos nas parcerias estratégicas do setor. O ministro Chang comunicou que continuará reforçando o intercâmbio e a cooperação com as tropas militares brasileiras. Por sua vez, Wagner disse que espera aumentar o intercâmbio no treinamento de militares, além da participação da China em missões de paz, aprofundando a confiança reciproca e a cooperação das forças militares existente entre os dois países.

O ministro Wagner se reuniu também com o diretor geral da Estatal de Ciência, Tecnologia e Indústria de Defesa da China, Xu Dazhe. “O ministro realizou entendimentos relativos aos intercâmbios nas áreas acadêmica, militar, aeroespacial, além do apoio da China aos projetos das Forças Armadas. Ainda foram discutidas mais ações de cooperação técnica na área do Censipam, que trata do sensoriamento remoto e da tecnologia da informação”, informou o general Gerson Menandro, chefe de Assuntos Estratégicos (CAE) do Ministério da Defesa, que acompanha o ministro na viagem, ao lado do almirante Antonio Guerreiro, diretor do Departamento de Catalogação de Produtos de Defesa do MD.

Segundo o general Menandro foram discutidas importantes oportunidades para novos investimentos chineses em projetos industriais das Forças, ainda em fase de prospecção. O ministro Jaques Wagner também visitou o presidente da CEIEC, Qu Hvimin, empresa que ganhou a licitação para as obras de reconstrução da Estação Antártica Comandante Ferraz, que pegou fogo em fevereiro de 2012. A empresa chinesa comunicou que estão acelerados os preparativos para início das obras.

Ministério da Defesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]