Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

domingo, 6 de setembro de 2015

O Sucesso das Mulheres na Manutenção da Aviação do Exército

São Paulo – Um ambiente composto exclusivamente pelos homens nunca as intimidou. Determinação, iniciativa e motivação são características comuns às mulheres que escolheram a profissão de Mecânica de Aeronaves no Batalhão de Manutenção e Suprimento de Aviação do Exército.
 
 
Muitas conheceram a profissão por intermédio da Escola Municipal de Ciências Aeronáuticas e, posteriormente, do Estágio Básico de Sargento Temporário. “Entrei na Aviação do Exército (Av Ex) para adquirir experiência e hoje me orgulho de tudo o que aprendi, das pessoas que conheci e do que me tornei”, disse a 3º Sgt Arlete.

A pioneira dentre essas mulheres foi a 3º Sgt Adriana, que incorporou no final do ano de 2009, tornando-se a primeira mulher a compor uma equipe de manutenção de aeronaves na história da Av Ex e obtendo destaque por sua produtividade, meticulosidade e autoaperfeiçoamento. Em 2014, concluiu com êxito a graduação em Engenharia Aeronáutica na Universidade de Taubaté (UNITAU) e, em 2015, finalizou o Estágio Teórico de Habilitação a Manutenção da aeronave AS 532 UE Cougar.

 
A 3º Sgt Mayara Passos diz que seu sonho de criança era ser militar e aconselha às futuras gerações de mulheres que planejam atuar na Aviação a “acreditar no seu sonho, porque somos sim capazes de estar em qualquer ambiente”.

O fato de trabalharem em uma área na qual a maioria é homem acaba sendo um desafio para elas. Por isso, predomina o senso de profissionalismo, conforme palavras da 3º Sgt Raíssa, além do respeito mútuo e do espírito de cumprimento de missão, características indeléveis dos irmãos de armas.

 
Isso é o que confirma a 3º Sgt Patrícia. “Quando se é um bom profissional, isso não faz diferença, e aqui todos o são”. Ela é a primeira mulher especialista na manutenção da aeronave Cougar. A 3º Sgt Karina complementa essa ideia, afirmando que “estamos conquistando o nosso espaço”.

A presença de mulheres no Exército Brasileiro remonta à 2ª Guerra Mundial, em que se alistavam voluntariamente para o desempenho de funções de apoio na área de saúde. Atualmente, há na Instituição aproximadamente cinco mil mulheres, entre oficiais e sargentos, atuando em diversas áreas, principalmente na administrativa, logística, de magistério e de saúde.

O Guardião da Aviação orgulha-se em ter em seus quadros militares do segmento feminino, as quais conquistaram o reconhecimento e o seu espaço na manutenção da Aviação do Exército.

Agência Verde-Oliva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]