Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

terça-feira, 6 de outubro de 2015

IAE OBTÉM CERTIFICAÇÃO DO FOGUETE VSB-30 MODELO V07


Brasília, 29 de setembro de 2015 – A direção do Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI), Organismo de Certificação Espacial, por delegação da Agência Espacial Brasileira (AEB), assinou a semana passada o certificado de tipo do foguete VSB-30 modelo V07.

Após a certificação de tipo do foguete VSB-30 modelo V01, em outubro de 2009, foram implementadas com êxito diversas modificações nos lançamentos subsequentes.

As principais modificações introduzidas no VSB-30 V07 em relação ao VSB-30 modelo V01 foram a mudança de “lay-out” do Módulo Dianteiro do Primeiro Estágio; a mudança de “lay-out” do Módulo Dianteiro do Segundo Estágio; a implementação do Dispositivo Mecânico de Segurança acionado manualmente (DMS-M), nos sistemas de acionamento dos motores do primeiro e segundo estágios; utilização do Módulo de Segurança do Propulsor Impulsor de Rolamento (PIR) para retirada das calhas; a mudança do iniciador do ignitor dos motores do primeiro e segundo estágios; a mudança do material do corpo do ignitor dos motores do primeiro e segundo estágios; e mudança de material das proteções térmicas rígidas dos motores do primeiro e segundo estágios.

Resumidamente, pode-se dizer que certificar um produto é o processo pelo qual o organismo certificador avalia e assegura que o mesmo está em conformidade com os requisitos relativos à segurança e ao cumprimento da missão. A certificação é a proteção legal, confiança na operação do produto e no cumprimento da missão.

São muitos os benefícios alcançados com a certificação. Alguns deles são a gestão do conhecimento – enriquecimento do acervo da documentação do VSB-30 devido à elaboração dos documentos exigidos pela certificação para a comprovação dos requisitos e de segurança, além dos comumente gerados na gestão do projeto; qualidade do produto – rigorosa exigência do órgão certificador na comprovação dos processos e dos requisitos técnicos e funcionais melhora a qualidade do produto; redução de riscos – consequente contribuição da certificação na redução dos riscos em todas as fases do projeto e na operação do sistema VSB-30, e cultura organizacional – a cultura da Certificação Espacial desenvolvida e adquirida pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) e pelo IFI pode ser aplicada a todos os projetos da Subdiretoria de Espaço do IAE.

O processo de certificação do VSB-30 envolveu diversas equipes do IAE e do IFI.

 IAE - Instituto de Aeronáutica e Espaço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]