Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Novos pilotos do Esquadrão Rumba iniciam instrução no P-95 modernizado


Desde a última segunda-feira (05/10), o primeiro P-95 Bandeirante Patrulha (Bandeirulha) modernizado está na Base Aérea de Natal (BANT). A aeronave, recém-chegada do Parque de Material Aeronáutico dos Afonsos (PAMA-AF), será empregada no processo de formação dos novos pilotos de patrulha marítima da Força Aérea Brasileira (FAB).


Cerca de dez pilotos do Esquadrão Rumba (1º/5º GAV), unidade aérea responsável pela especialização dos oficiais na Aviação de Transporte e Patrulha, vão estrear a nova fase no período de formação no grupo de aviação. Até o ano passado, as instruções de patrulha marítima eram feitas no C-95 modernizado e no P-95.

“É importante para a operacionalidade da minha turma. Vamos chegar aos esquadrões já sabendo voar na aeronave modernizada, acompanhando esse momento da aviação de patrulha”, declara o Tenente Augusto Ribeiro Rodrigues.


As instruções com a aeronave modernizada são feitas por pilotos do Esquadrão Phoenix (2º/7º GAV), unidade sediada em Florianópolis (SC) que recebeu o primeiro P-95M. A transição operacional do C-95 Bandeirante modernizado para a nova aeronave é um ganho para os novos patrulheiros. “A parte de aviônica é praticamente igual, com as quatro telas que dão todas as informações do voo. Então é muito mais fácil essa transição, o que significa que ele [o piloto] vai chegar mais rápido nessa evolução operacional”, afirma o instrutor, Capitão Erick Luiz Pereira, sobre os inúmeros benefícios da nova aeronave.

“A partir do momento que eles recebem a instrução do P-95 modernizado, eles já saem prontos para receber instrução nas localidades em que eles serão designados”, afirma o Tenente Kllaus Fernando Gaio, instrutor do Esquadrão Rumba.


Sobre a aeronave - O P-95M conta com radar Seaspray 500E e tem condições de detectar navios de grande porte a até 100 milhas, equivalente a 160 quilômetros. A capacidade de imageamento do novo equipamento possibilita acompanhar cerca de cem alvos, ao mesmo tempo, em alta resolução.

Outra novidade é que o Bandeirulha modernizado conta com novos sistemas eletrônicos. A suíte aviônica integrada facilita a ergonomia e a consciência situacional dos pilotos, reduzindo a fadiga de voo. A interface digital facilita a leitura das informações dos diversos sistemas embarcados, de forma simples e prática.

“Conseguimos procurar navios ou embarcações que estejam em perigo e detectar com mais facilidade. Dependendo da posição, conseguimos tirar uma foto do navio e saber se é o que estamos procurando ou não. Ou se for o caso, dentro da nossa parte de busca e salvamento, conseguimos analisar se aquilo é um bote ou um sobrevivente que estaria precisando de um resgate nosso”, diz o Capitão Luiz.

Veja na reportagem as novidades do P-95M:



Agência Força Aérea.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]