Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Militares brasileiros que integrarão Missão de Paz no Haiti concluem treinamento


Brasília, 04/11/2015 – Militares brasileiros que, a partir de dezembro deste ano, farão parte da Missão das Nações Unidas para Estabilização do Haiti (MINUSTAH) concluíram recentemente o treinamento exigido pela Organização das Nações Unidas (ONU) para atuar nesse tipo de operação.

Ao todo, são 850 militares, compondo o 23° contingente na Minustah, sendo que 669, de Pelotas (RS), irão assumir o Batalhão de Força de Paz (BRABAT) e 181, do Rio de Janeiro (RJ), irão para o Grupamento Operativo do Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil.


Foram cerca de quatro meses de treinamento, iniciado em junho deste ano no Ministério da Defesa, onde os militares receberam as orientações iniciais. Também fez parte do adestramento o período de duas semanas de Exercício Avançado de Operações de Paz (EAOP), realizado em Pelotas. O exercício, coordenado pelo Centro Conjunto de Operações de Paz do Brasil (CCOPAB), acontece semestralmente, mesmo período em que ocorrem os rodízios dos militares.

A tropa recebeu, no final de outubro, o certificado de conclusão de preparação para a missão. O documento foi entregue pelo CCOPAB, órgão vinculado ao Ministério da Defesa.

A partir de dezembro, o 23º Batalhão de Força de Paz, inicia, no Haiti, suas principais tarefas, como funções militares, patrulhamento e atividades sociais e de cunho humanitário. Todas as atividades realizadas estão sob a égide da ONU.

Atualmente o Haiti conta com 970 militares brasileiros com a capacidade de garantir a segurança do país.

O certificado

A certificação de conclusão de treinamento de contingentes para missão de paz é uma exigência da ONU, por meio de uma Resolução da Assembleia Geral em 1995, que orientou os 193 Estados Membros a avaliarem e certificarem as tropas destacadas para este tipo de missão.

Ministério da Defesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]