Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

FAB vai formar snipers para atuar nos Jogos 2016

Militares terão aulas de tiro real em alvos estáticos e dinâmicos a distâncias entre 100 a 800 metros.

De olho nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, a Força Aérea Brasileira (FAB) deve formar, em meados de dezembro, mais uma turma de snipers, atiradores de elite. O Curso de Tiro Tático de Precisão (CTTP/2015), ministrado pelo Batalhão de Infantaria da Aeronáutica Especial de Canoas (BINFAE-CO), vai até o dia 18 de dezembro. Esta edição conta com a participação de 14 militares.


“Esta edição tem como diferencial a preparação dos atiradores que atuarão na segurança dos Jogos Olímpicos. Eles serão empregados, também, como observadores dos pontos sensíveis, prevendo possíveis ameaças, como nos locais de embarque e desembarque de autoridades”, destaca o Tenente de Infantaria Daniel Alberto Bauer Pereira, coordenador do curso.

A segunda edição do curso começou na segunda-feira (30/11) com uma prova teórica de conhecimentos sobre navegação terrestre e técnicas de infantaria, como camuflagem, sobrevivência e patrulha.

Os aprovados na fase inicial passarão agora por três semanas de instruções, sendo uma de emprego em campanha. Os militares terão aulas de balística, técnicas de tiro, oficinas com cães farejadores e tiro real em alvos estáticos e dinâmicos a distâncias entre 100 a 800 metros. Com essa capacitação, os atiradores estarão aptos ao emprego em cenários de conflito para proteção de pessoas e instalações aeroportuárias e aeronáuticas.

“A organização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos irão utilizar algumas instalações da FAB, como a Base Aérea do Galeão, que receberá autoridades e delegações olímpicas, e o Centro de Treinamento da UNIFA, no Campo dos Afonsos, onde atletas do mundo inteiro utilizarão para treinamento. Para garantir a segurança desses locais, solicitou-se a capacitação de militares em diversas áreas, e uma delas é essa, a de formação de atiradores”, salienta um dos alunos do curso, que pertence ao Batalhão de Infantaria da Aeronáutica Especial dos Afonsos (BINFAE-AF).

O BINFAE-CO é a única organização militar da FAB a formar atiradores de elite. Desde 2004 já formou mais de 90 snipers.


BINFAE-CO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]