Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

sábado, 30 de janeiro de 2016

Brasil participa de teste de integração da Mini Global Demonstration II

Projeto busca atingir um nível avançado na troca de informações aeronáuticas.

O Instituto de Controle do Espaço Aéreo (ICEA) participou, juntamente com o Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), do teste de integração do projeto Mini Global Demonstration II, que ocorreu na cidade de São Paulo, na última semana (13/01).


O teste consistiu na execução de um roteiro de envio e recepção de mensagens num cenário proposto para o Brasil. O cenário hipotético envolvia um voo partindo do Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro, com destino ao Aeroporto Internacional John F. Kennedy, localizado na cidade de Nova Iorque, nos Estados Unidos.

O teste faz parte da preparação para o Brasil participar efetivamente pela primeira vez no evento que vai ocorrer em abril deste ano, em Daytona Beach, Flórida, Estados Unidos. O Mini Global tem o objetivo de colocar em prática um novo conceito de administração de informações aeronáuticas, de voo e meteorológicas sob protocolo único global: SWIM (System Wide Information Management).

O Brasil será o único país da América do Sul a participar do evento promovido pela Federal Aviation Administration (FAA, órgão que regulamenta a aviação civil nos Estados Unidos).


O projeto Mini Global Demonstration busca atingir um nível avançado na troca de informações aeronáuticas mais ágeis, confiáveis e oportunas, utilizando o conceito SWIM, assim como estabelecer padrões entre operadores e provedores de serviço de navegação aérea.

Diante disso, pretende-se prover suporte para a interoperabilidade, harmonização e validação dos sistemas e processos. A nova sistemática para a navegação global busca reduzir o atraso nos vôos, dar mais agilidade às aeronaves nos aeroportos e no céu, economizar combustível e aumentar a eficiência do controle de tráfego.

Também participaram do teste a Atech Negócios em Tecnologias S/A (empresa brasileira do grupo Embraer), a FAA, a Embry-Riddle (universidade de aviação) e as empresas Mosaic e Harris, por meio de conferência online.


ICEA   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]