Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quinta-feira, 31 de março de 2016

FIDAE 2016: IACIT APRESENTA SISTEMA DE CONTRAMEDIDA ELETRÔNICA PARA SEGURANÇA PÚBLICA

O sistema, também chamado de JAMMER, poderá ser usado para bloquear drones, celulares, rádios, entre outros sinais de radiofrequencia

Interferir ou mesmo bloquear diferentes sinais de radiofrequência (RF) pode ser uma importante estratégia de defesa e segurança. Pensando nisso, a IACIT, empresa brasileira com atuação consolidada no desenvolvimento de produtos e serviços de alta tecnologia nas áreas de segurança, defesa, navegação aérea, redes integradas e meteorologia, desenvolveu uma sofisticada família de sistemas de contramedida eletrônica batizada de SCE0100. O sistema será um dos destaques da empresa na FIDAE 2016 (Feira Internacional do Ar e Espaço), que acontece entre 29 de março e 03 de abril em Santiago no Chile. Presente no Pavilhão Brasil (F), coordenado pela ABIMDE e com apoio da APEX-Brasil.

O SCE0100, também chamado de JAMMER, possui configurações específicas para o bloqueio ou interferência de sinais de drones, celulares, rádios, dispositivo explosivo controlado por rádio (RCIED) e outros sistemas que utilizam sinais de RF para comunicação. Além desse diferencial, o sistema é embarcado em um gabinete robusto e portátil, podendo ser operado em qualquer local para o bloqueio de diferentes sinais de RF.

Segundo Luiz Teixeira, presidente da IACIT, a configuração do sistema é vinculada com a potência e faixa de frequência da operação, de acordo com a missão a ser realizada. Ele explica que, independentemente dos modelos de bloqueio (para drones, celulares ou RCIED), o JAMMER da IACIT é composto por canais independentes, capazes de operar simultaneamente, sem a necessidade de “saltar” entre bandas. Cada canal tem a capacidade de varrer rapidamente ao longo de uma banda, a fim de garantir a potência máxima em cada uma das frequências usadas.

Com aplicação dual, o JAMMER SCE0100 da IACIT pode ser usado em diversas situações, como proteção de estabelecimentos governamentais e militares, refinarias de petróleo e gás, prisões e centros de detenção, grandes eventos, comboios e controle fronteiriço, entre outras. Devido à expansão do uso de drones em diversas situações, o equipamento da IACIT surge para suprir um mercado vulnerável pela ação de bandidos, espiões e até mesmo terroristas.“O sistema SCE0100 tem emprego dual, podendo ser utilizado tanto para a área militar quanto civil. Imaginamos que os potenciais clientes estejam nas forças armadas, segurança pública, polícias civil, militar e federal e no setor privado, com as firmas de segurança privada, empresas e bancos”, destaca Teixeira.

O desenvolvimento do novo equipamento envolveu uma equipe de cerca de 30 profissionais durante os últimos 12 meses. O JAMMER 100% nacional deve atender não só ao mercado interno, mas também deve ser um grande aliado de potências internacionais no combate a crimes. O sistema moderno e sofisticado permite oferecer soluções independentes ou integradas, com o uso de câmeras, sensores acústicos e radares para combater o ataque de drones, por exemplo.

Com a nova família de jammers, a IACIT busca intensificar sua participação junto à segurança pública e militar, oferecendo soluções tecnológicas integradas. Os novos equipamentos SCE0100 somam-se às soluções integradas já existentes no portfólio da companhia, entre eles sistemas eletro-ópticos e de segurança eletrônica patrimonial, soluções de SW associados a Redes Neurais Artificiais (RNA) e LPR, processamento de imagens e de Comando Controle Inteligência (C2I) e as soluções de Telemetria e Telecomando RCS-0400.

Com quase três décadas de atuação no mercado, a IACIT, certificada pelo Ministério da Defesa como Empresa Estratégica de Defesa (EED), é uma importante instituição de desenvolvimento para a conquista de autonomia tecnológica para o Brasil. “Nos preocupamos dia a dia em pesquisar e desenvolver produtos e serviços que agreguem valor ao País. Nosso objetivo é sermos uma empresa parceira na busca e consolidação de um país mais soberano”, conclui o executivo.


Press Agency Atech - Rossi Comunicação 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]