Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Secretaria de Produtos de Defesa tem novo titular



Brasília, 28/06/2016 – Tomou posse nesta terça-feira (28) o novo secretário de Produtos de Defesa (Seprod), o economista Flávio Augusto Corrêa Basílio, sucedendo o brigadeiro José Augusto Crepaldi Affonso, que ocupava o cargo interinamente. O ministro da Defesa, Raul Jungmann, presidiu a cerimônia, realizada no Salão Nobre do Ministério.

Flávio Basílio iniciou seu discurso indagando o porquê as nações ainda demandam papel moeda, mesmo com o fim do Sistema de Bretton Woods, que em 1944 garantiu o gerenciamento econômico internacional. Para o secretário, a resposta para a questão está baseada na solidez fiscal e no poderio militar.

"O poderio militar de uma nação e a credibilidade de suas forças armadas asseguram a confiança intrínseca por parte dos agentes de que o governo continuará aceitando moeda como meio de pagamentos de impostos", respondeu o secretário da Seprod.

Basílio destacou que sua gestão será ancorada no comércio exterior, na obtenção de fontes de fomento e financiamento para o setor e em estratégias para que as Forças Armadas adquiram produtos de defesa.

"Estamos empreendendo valiosos esforços para incluir o Ministério da Defesa (MD) nas pautas de discussões da Câmara de Comércio Exterior (Camex). Precisamos focar no desenvolvimento e no maior acesso a instrumentos de financiamento e de garantias por parte da indústria, e por fim, estabelecer medidas estáveis de obtenção de produtos por parte das Forças Armadas", afirmou o secretário.

O secretário-geral ao dar boas-vindas ao novo secretário de Produtos de Defesa e agradecer o empenho e trabalho do substituto, brigadeiro Crepaldi, disse que os meios materiais são indispensáveis para que a Marinha, o Exército e a Aeronáutica cumpram sua missão constitucional com a defesa do País. "As Forças Armadas só poderão proteger a nação com equipamentos adequados e suficientes, e se tiverem garantidos sua completa formação e seu permanente preparo", destacou o general.

Silva e Luna ressaltou ainda que o Ministério da Defesa se organiza para interagir com outros ministérios, com o congresso nacional, os órgãos de controle, a base industrial de defesa, a mídia e a sociedade.

Participaram da cerimônia, o secretário-geral do MD, general Joaquim Silva e Luna, o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas, almirante Ademir Sobrinho; o comandante-em-chefe da Esquadra, almirante Bento Costa Lima Leite de Albuquerque Júnior, representando o comandante da Marinha; o chefe do Estado-Maior da Aeronáutica, brigadeiro Raul Botelho, representando o comandante da Força Aérea; além de secretários do MD, embaixadores, adidos militares, parlamentares, e representantes da indústria de defesa.
Perfil

Doutor em economia, Flávio possui experiência nas áreas de macroeconomia, economia monetária, economia internacional, economia bancária e econometria. Foi gestor de riscos do Banco do Brasil, onde trabalhou com regulação bancária, modelagem interna de risco de mercado, crédito e operacional e na implementação de Basileia II e III.

O secretário foi professor da Universidade de Brasília (UnB), onde lecionou as disciplinas de macroeconomia II, introdução à economia e economia brasileira. Recebeu da UnB, em 2012 e em 2014, o prêmio pesquisador parceiro da imprensa. Ainda no plano acadêmico, é professor titular do Centro Universitário UDF e do mestrado em Direito da mesma instituição. Possui artigos publicados nos principais periódicos do país e capítulos de livro no país e no exterior. Além disso, é organizador do livro Macroeconomia do Desenvolvimento.

Ministério da Defesa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]