Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Avaliação de riscos das instalações olímpicas continua em andamento



ABIN analisa em tempo real potenciais vulnerabilidades e situações de risco nas áreas de competição

O início dos Jogos Olímpicos não encerrou o trabalho de avaliação de riscos pela ABIN. Antes do evento, 63 relatórios de avaliação de riscos para os locais de competições e outras instalações olímpicas foram produzidos. Agora, com os Jogos já em andamento, as avaliações são realizadas em tempo real: profissionais da ABIN verificam continuamente as instalações para identificar situações de vulnerabilidade em qualquer dos sistemas de segurança.

As situações observadas são imediatamente comunicadas aos órgãos responsáveis para que possam adotar as medidas corretivas recomendadas pela Inteligência.


Os profissionais da equipe de avaliação de riscos estão atentos a todo o tipo de situação nos arredores e no interior das instalações olímpicas. Observam o funcionamento do esquema de segurança e procuram por fragilidades que possam facilitar o acesso de pessoas não autorizadas ou o ingresso de itens proibidos por motivo de segurança.

“O objetivo é garantir que todo o evento ocorra sem incidentes e que todas as situações que possam representar problema de segurança – de maior ou menor gravidade – sejam identificados em tempo, para que todas as medidas de correção possam ser adotadas”, explica o coordenador da equipe de avaliação de riscos, Cesar Luiz Bernardo. “A ideia é não deixar passar despercebida aos órgãos de segurança nenhuma situação que possa ser resolvida com antecipação”, afirma.

O funcionamento das câmeras de segurança e dos sistemas de detecção de metais, a presença de contingente adequado de segurança, assim como as condições das barreiras externas, são alguns dos itens avaliados continuamente. Também recebem atenção da ABIN outros pontos como o abastecimento de energia e as rotas de entrada e saída dos torcedores nos locais de competição.

As avaliações e medidas corretivas recomendadas pela ABIN são registradas em sínteses, difundidos pelo Centro de Inteligência dos Jogos (CIJ) aos órgãos de segurança e autoridades.

Agência Brasileira de Inteligência - ABIN

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]