Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Aviação russa começa a usar base iraniana para ataques à Síria



Ataques resultaram na destruição de depósitos de armas e campos de treinamento. Estruturas eram usadas por terroristas para realizar operações na região de Aleppo.

Partindo pela primeira vez da base aérea de Hamadan, no Irã, bombardeiros de longo alcance Tu-22 e de linha de frente Su-34 russos destruíram depósitos de armamento, além de postos de comando e campos de treinamento do Estado Islâmico (EI) na Síria. As estruturas eram usadas por terroristas para operações em Aleppo.

“O ataque aéreo destruiu cinco grandes armazéns com armamento, munições e combustíveis, campos de treinamento nas áreas das comunidades de Serakab, al-Bab, Aleppo e Deir ez-Zor, além de um grande número de militantes”, lê-se em nota divulgada pelo Ministério da Defesa da Rússia nesta terça-feira (16).

Os ataques atingiram também instalações usadas por militantes da Frente al-Nusra, segundo informou o órgão russo.

Os caças Su-30 e Su-35 russos, da Sukhôi, que estão posicionados na base área de Hmeimim, na Síria, ofereceram proteção durante toda a missão.

Esta foi a primeira vez que aviões russos usaram uma base iraniana para conduzir uma operação na Síria. Nas ocasiões anteriores, os bombardeiros de longo alcance foram operados a partir de bases na Rússia, e os de linha de frente, na própria Síria.

Publicado originalmente pela agência de notícias Tass

Gazeta Russa


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]