Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

O KC-390 retornou ao Brasil depois de sua primeira turnê internacional


Javier Bonilla


O primeiro protótipo da aeronave KC-390 multimissão nova geração Embraer retornou ao Brasil após concluir com sucesso sua primeira turnê internacional, com uma duração de 23 dias e mais de 48 horas de voo. Até agora, os dois protótipos KC-390 acumulou mais de 400 horas de voo.



Além de participar na Farnborough Airshow, na Inglaterra, onde o modelo fez sua estréia mundial, o primeiro protótipo também realizou voos de demonstração para parceiros do programa e potenciais clientes. Cobrindo mais de 16.300 milhas náuticas (30.200 quilômetros) apenas o que faz voos ferry nos vários aeroportos internacionais, como Sal (Cabo Verde), Alverca (Portugal) Odolena Voda (República Checa), Cairo (Egito) Abu Dhabi (Emiratos Árabes Unidos) e Malta, a aeronave tem demonstrado o seu alto nível de maturidade, com uma disponibilidade que atingiu 100% durante os 16 voos programados e realizados em locais onde a temperatura atingiu 45 ° C (113 ° F).


"Foi uma excelente oportunidade para alguns clientes potenciais poderia aprender sobre a aeronave e as suas características inovadoras. O interesse que o KC-390 despertou na feira de Farnborough foi fantástico, sendo visitado por mais de 20 delegações internacionais, muitos solicitaram demonstrações em seus países ", disse Jackson Schneider, presidente e CEO da Embraer Defesa e Segurança.



O Ministro-Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Eliseu Padilha, disse que, apesar do desafio atual governo de "fazer mais e melhor com menos", os investimentos na aeronave de transporte militar e reabastecimento aéreo KC-390, a maioria das aeronaves desenvolvido no Brasil, e a modernização do sistema de controle do espaço aéreo é essencial e deve ser uma prioridade para o governo.



A afirmação foi feita dias atrás, depois de uma audiência entre Padilha Ministro e Comandante da Força Aérea, tenente-brigadeiro do ar Nivaldo Luiz Rossato, em Brasília. O avião e voltou para o seu programa de teste de voo, cujo foco a partir de agora será a campanha de certificação, que está prevista para o segundo semestre de 2017, com a primeira entrega prevista para meados de 2018.



Defensa.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]