Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Pentágono declara guerra contra Pokémons



Do R7

Os funcionários do Pentágono, quartel general do Departamento de Defesa dos EUA em Arlington, Virgínia, não podem jogar Pokémon Go.

De acordo com declarações de oficiais relatadas pelo jornal Washington Times, as autoridades acreditam que o jogo – que usa recursos de realidade aumentada, junto com câmera e sistema de GPS – pode acarretar perigos à segurança do país.

Clientes acusam Claro de boicotar Pokémon Go

Os dados que o jogo forneceria caso o aplicativo fosse executado nas instalações poderiam ser usados para triangular locais de armazenamento de informações secretas e, além disso, poderia oferecer dados de identidade de usuários com acesso a repartições e arquivos considerados sigilosos.

Mulher diz que foi estuprada por Pokémon

A matéria publicada pelo jornal cita como fonte um memorando que rodou pela agência em 19/07, que nada mais era que um salve geral alertando sobre os perigos que Pokémon Go poderia acarretar caso fosse jogado nas instalações do Pentágono.

Além dos funcionários do Pentágono, o jogo também foi proibido para criminosos sexuais do estado de Nova York, para frequentadores do Museu do Holocausto nos EUA e em todo o território iraniano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]