Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

XIV Simpósio de Segurança do Navegador Amador promove mentalidade de segurança para comunidade náutica



A XIV edição do Simpósio de Segurança do Navegador Amador, realizado entre os dias 20 a 23 de outubro no Colégio Naval, em Angra dos Reis (RJ), reuniu 300 participantes, que puderam aprender e conferir na prática conhecimentos de segurança e orientações referentes as Normas da Autoridade Marítima que tratam de Amadores e Embarcações de Esporte e/ou Recreio (NORMAM-03/DPC). Além disso, participaram de treinamento de moto aquática, dia de mar, ciclo de palestras e prova para habilitação de Amadores.


Promovido pela Marinha do Brasil, por intermédio da Diretoria de Portos e Costas, e coordenado pelo Sr. Carlos Brancante, o Simpósio teve sua abertura oficial realizada no dia 22 de outubro pelo Comandante da Marinha e Autoridade Marítima Brasileira, Almirante de Esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, e contou com a presença de autoridades militares, incluindo membros do Almirantado, civis e navegadores experientes.

No dia 20 de outubro militares e candidatos a navegadores amadores receberam treinamento prático para condução de motos aquáticas. O segundo dia do evento foi dedicado ao chamado “Dia de Mar”, no qual os interessados tiveram a oportunidade de receber instruções e vivenciar, na prática, a bordo de navios da Marinha e da embarcação civil Lord Gato, instruções importantes como o exercício de disparo de fumígenos, prevenção de incêndio, a utilização de equipamentos, balsas, coletes salva-vidas, instrução de navegação de baixa visibilidade, navegação por radar, realização de exercício de abandono e de resgate de homem ao mar.

A palestra de abertura do Simpósio, no dia 22, foi feita pelo medalhista olímpico de vela, Torben Grael, que compartilhou suas experiências e aventuras no mar com o público. Na sequência, o Capitão de Mar e Guerra RM1) Valgas Lobo ministrou sobre Meteorologia e Oceanografia, temática importante aos futuros navegadores amadores. Já o palestrante Marcello de Souza abordou as Novas Tecnologias para a navegação eletrônica, assunto que muito interessou aos navegadores presentes. Já o Capitão Marcos Ferrari, instrutor do Simpósio, deu sequência ao ciclo de palestras com o tema "Prevenção de Incêndios e Sobrevivência no Mar", seguido da Capitão-Tenente (T), Helenilde de Lima Silva Gomes, Encarregada da Divisão de Inspeção Naval, Pessoal Amador e Marinas da Diretoria de Portos e Costas, que abordou os aspectos práticos e atualizações da NORMAM-03/DPC.

O Capitão Bombeiro Militar Luiz Tadeu S. de Albuquerque falou sobre a importância do "Primeiro Atendimento", seguido do Sr. Fabio Avellar, que destacou as novas regras para o seguro náutico. Por fim, o Sr. Aleixo Belov encantou o público com seu amor pelo mar, compartilhando um pouco de sua experiência e aprendizado adquirido na vida a bordo durante suas viagens. Belov foi reconhecido pela Marinha do Brasil como primeiro navegador a dar uma volta ao mundo com veleiro de bandeira brasileira.

No domingo, último dia do evento, houve aplicação de provas para 140 candidatos nas seguintes categorias: Arrais Amador, Mestre Amador e Capitão Amador. As carteiras de habilitação foram emitidas e entregues aos aprovados no mesmo dia da realização dos exames.


De acordo com o Diretor de Portos e Costas, Vice-Almirante Wilson Pereira de Lima Filho, “o Simpósio foi uma oportunidade da Marinha do Brasil contribuir para a consolidação de uma mentalidade de segurança e promover a capacitação de centenas de pessoas para conduzirem embarcações de esporte e recreio com consciência e responsabilidade. Tenho certeza de que os participantes serão vetores de disseminação de segurança. A Marinha tem adotado medidas para que cada vez mais nossos rios e mares estejam mais seguros e limpos”.

O Comandante da Marinha afirmou, durante o discurso de abertura do evento, que é neste seguimento de esporte e recreio que reside uma das maiores preocupações da Autoridade Marítima. “A intensa utilização dos nossos mares e águas interiores, em todas as suas modalidades, deve ser feita com respeito às normas vigentes e com segurança. Entretanto, lamentavelmente, e ainda que estejamos obtendo significativos progressos, assistimos todos os anos à ocorrência de acidentes que vitimam centenas de homens, mulheres e crianças, muitas vezes levando-os a óbito, e que, praticamente em sua totalidade, poderiam ser evitados se o regulamento para evitar abalroamentos, as regras de segurança e os procedimentos de manutenção das embarcações não tivessem sido negligenciados.”

Almirante Leal Ferreira explicou ainda que com o objetivo de reverter este quadro “a Autoridade Marítima tem intensificado seus esforços em prol do incremento da segurança da navegação amadora em duas vertentes: a ação de presença, por meio de contínua fiscalização executada pelas Organizações do Sistema de Segurança do Tráfego Aquaviário; e a atuação na prevenção e na orientação, buscando criar uma saudável mentalidade de segurança, e minimizar a ocorrência de acidentes provocados pela não observância das normas e procedimentos”.

Assessoria de Comunicação Social da DPC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]