Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

terça-feira, 22 de novembro de 2016

F-35 está pronto para combate, diz Força Aérea dos EUA



Um esquadrão inicial de aviões de combate F-35 está pronto para entrar em ação, declarou a Força Aérea americana. A informação é um marco importante para o programa atormentado por sérios excessos de custos e atrasos que enfureceram legisladores e governos de todo o mundo que estão comprando os aviões. O programa de US $ 379 bilhões é o maior projeto de armas do Pentágono.

A Força Aérea americana planeja comprar um total de 1.763 jatos convencionais de decolagem e pouso F-35A nos próximos anos e operar a maior frota F-35 do mundo.A Lockheed está construindo três modelos do F-35 Lightning II para os militares dos EUA e outros 10 países: Grã-Bretanha, Austrália, Noruega, Itália, Turquia, Dinamarca, Holanda, Israel, Coreia do Sul e Japão.

No entanto, o programa, lançado em 2001, foi dominado por enormes custos excedentes e problemas técnicos que explodiram seu orçamento em quase 70%. A Grã-Bretanha reduziu suas encomendas e a decisão do governo australiano em 2002 de comprar o caça foi fortemente criticada como precipitada e mal julgada devido aos aumentos de custos, atrasos e as dúvidas que pairavam sobre sua capacidade.

Problemas com o caça envolveram o software de radar e o aumento do risco de lesões no pescoço de pilotos de menor peso quando eles forem ejetados da aeronave. Indústria e funcionários de defesa dos EUA disseram que estão trabalhando duro para continuar a conduzir para baixo o custo dos novos aviões de guerra a US $ 85 milhões por avião até 2019.

The Guardian via Industria de Defesa & Segurança

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]