Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Fuzileiros Navais encerram a preparação do 25º Grupamento Operativo-Haiti




No dia 5 de novembro, encerrou-se o exercício Adest Batalhão de Proteção II, um treinamento envolvendo 200 militares da Força de Fuzileiros da Esquadra (FFE). A ação contou com o emprego de helicópteros, blindados e embarcações, na região de Itaóca e Itaipava, no Espírito Santo. O objetivo foi realizar a preparação final dos 175 componentes do 25º Grupamento Operativo de Fuzileiros Navais da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (MINUSTAH), Força de Paz sobre a égide das Nações Unidas.


O adestramento foi realizado em duas etapas: na primeira, ocorrida no Rio de Janeiro (RJ), sob a responsabilidade do Comando da Divisão Anfíbia, de 25 a 28 de outubro, os militares realizaram oficinas das diversas atividades que são normalmente desenvolvidas pelos Grupamentos Operativos de Fuzileiros Navais (GptOpFuzNav) no Haiti. Na segunda fase, ocorrida em Itaóca, de 31 de outubro a cinco de novembro, foi desenvolvido um tema tático, utilizando-se os ensinamentos adquiridos durante a primeira etapa da preparação. A coordenação do exercício coube ao Comando da Força de Fuzileiros da Esquadra, por meio do Grupo de Controle, formado por militares com experiências em contingentes anteriores.

Durante a segunda fase, a tropa realizou diversas atividades com o objetivo de tornar o exercício o mais próximo da realidade vivenciada atualmente no Haiti. Além dos adestramentos normais, inovações foram implementadas na preparação do futuro contingente, tais como enfoque no emprego de helicópteros, descida de fast rope (descida de helicóptero escorregando por cabo) e treinamento em embarcações pneumáticas, o que permite o emprego da tropa de maneira rápida em locais distantes e de difícil acesso, destacando o caráter expedicionário inerente aos GptOpFuzNav, o que ficou evidente na passagem do furacão Matthew pelo país caribenho, em outubro deste ano.

Os integrantes do 25º Grupamento irão substituir os fuzileiros navais que se encontram atualmente no Haiti. O contingente é formado, em sua maioria, por militares que participaram de atividades relacionadas à garantia da lei e da ordem e à segurança de grandes eventos, tais como os Jogos Olímpicos Rio 2016, sendo, portanto, bastante experientes. O embarque da tropa ocorrerá, gradualmente, entre os dias 28 de novembro e 10 de dezembro.

Marinha do Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]