Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Parceira americana da Embraer concorre no Programa T-X da USAF



A concorrência para construir a aeronave de treinamento da Força Aérea dos Estados Unidos (USAF) começou no final do ano passado com a abertura do recebimento de propostas. O programa T-X, que vai substituir o T-38, conta com propostas de Lockheed Martin, Boeing, Northrop Grumman, Raytheon e Sierra Nevada Corp. Esta última parceira da Embraer na construção de aeronaves Super Tucanos nos EUA.

A empresa pretende entrar na acirrada concorrência oferecendo o Freedom Trainer como uma alternativa para os aviões oferecidos pelos rivais Lockheed Martin, Boeing, Northrop Grumman e Raytheon. A nova aeronave foi projetada por uma equipe integrada por engenheiros da SNC e da TAI (Turkish Aerospace Industries), que trabalham há algum tempo na sede da joint venture perto de Denver, Colorado.

O vencedor do contrato deve ser anunciado ainda neste ano. A previsão é de que a USAF adquira 350 aeronaves. Se o Freedom Trainer ganhar a concorrência, é possível que a Embraer seja acionada como um dos fornecedores de peças e equipamentos para a nova aeronave. A empresa ainda não divulgou os seus possíveis fornecedores.

FREEDON TRAINER

O Freedom Trainer será um bimotor leve com propulsão de dois turbofans Williams International FJ44-4M – também utilizado no italiano Leonardo M-345 e no checo Aero L-39NG. Com um sistema de controle de vôo totalmente digital fly-by-wire (FBW), a aeronave é considerada avançado. A Sierra Nevada e a TAI querem tornar o Freedom Trainer menos oneroso para adquirir e operar do que seus concorrentes, especialmente em termos de consumo de combustível.

Indústria de Defesa & Segurança via ID&S

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]