Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Estudo britânico aponta, pelo segundo ano consecutivo, voos brasileiros entre os mais pontuais do mundo



Onze dos principais aeroportos brasileiros estão no ranking dos mais pontuais do mundo, segundo levantamento realizado pela consultoria britânica Official Airline Guide (OAG). O Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, ficou em segundo lugar na categoria major, que reúne os maiores terminais aéreos do mundo, com movimento anual de partidas superior a 20 milhões de passageiros. Segundo os dados divulgados, o aeroporto de Guarulhos, o maior terminal aéreo do Brasil, alcançou 85,28% de pontualidade. O Brasil ficou atrás apenas dos japoneses, que tiveram o Aeroporto de Haneda, na capital Tóquio, como primeiro colocado na categoria, com 87,49% de pontualidade. Dentre os maiores, os outros três aeroportos entre os cinco mais pontuais são norte-americanos: Detroit (84,64%), Atlanta (84,57%) e Minneapolis (84,46%).

A definição de pontualidade da OAG considera pousos e decolagens realizados no horário previsto ou com atraso inferior a 15 minutos. Para este levantamento, foram considerados 54 milhões de movimentos aéreos, realizados em todo mundo, em 2016. No ano de 2015, pela primeira vez, a OAG abarcou estatísticas relativas à aviação latino-americana, e revelou que, em termos de pontualidade, o Aeroporto de Congonhas e de Guarulhos estavam em segundo e terceiro lugar na lista dos megahubs, isto é, os aeroportos com o maior número de conexões.

No levantamento dos voos de 2016, os terminais brasileiros são listados com base na quantidade de passageiros. No ranking dos que receberam entre 10 e 20 milhões de passageiros, o Aeroporto Internacional de Brasília aparece em quarto lugar (87,07%), Congonhas em sexto lugar (85,40%) e o Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro, em 12º lugar (82,96%). Entre os aeroportos de médio porte (5 a 10 milhões de passageiros) figuram, na quarta posição, o Aeroporto Internacional de Confins (88,49%), em Belo Horizonte, e o Aeroporto Santos Dumont (83,72%), no Rio de Janeiro.

Na lista dos menores terminais incluídos no levantamento da OAG, com movimento anual entre 2,5 milhões e 5 milhões de passageiros, estão cinco brasileiros: aeroportos internacionais de Curitiba (86,77%), Porto Alegre (85,91%), Recife (85,26%), Fortaleza (84,92%) e Salvador (84,01%). Na lista das 20 companhias aéreas de todo o planeta que apresentaram menos atrasos em 2016 aparece a Gol, em 13º lugar, com 84,63% de pontualidade. Entre as empresas latino americanas, a Gol está em terceiro lugar, seguida pela Avianca (82,30%).

Na avaliação do Chefe do Subdepartamento de Operações (SDOP) do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), Brigadeiro do Ar Luiz Ricardo de Souza Nascimento, a boa colocação dos aeroportos brasileiros no ranking da OAG é fruto do trabalho integrado entre diversos prestadores.

"Estes números mostram o excelente resultado dos serviços de navegação aérea prestados pelo DECEA. Porém, mais significativo é a sinergia entre todos os stakeholders que fazem parte do Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro, destacando, ainda, o trabalho conjunto de empresas aéreas, aeroportos, prestadores de serviços de terra e todos demais envolvidos", avaliou.

O relatório completo da OAG está disponível em http://info.oag.com/.

Assessoria de Comunicação Social do DECEA
Reportagem: Tenente Glória Galembeck - jornalista
Foto banner: Divulgação / GRU Airport

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]