Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

GLO no ES: General Braga Netto e almirante Alexandre vão acompanhar Operação Capixaba



Brasília, 07/02/2017 – O ministro da Defesa, Raul Jungmann, autorizou que os comandantes Militar do Leste (CML), general Walter Braga Netto, e da Força de Fuzileiros de Esquadra, almirante Alexandre José Barreto de Mattos, sigam para Vitória (ES), amanhã (08) pela manhã, para acompanharem a Operação Capixaba, de emprego das Forças Armadas. O CML é o comando do Exército que tem sob jurisdição o Espírito Santo, além de Rio de Janeiro e Minas Gerais. O general Braga Netto e o almirante Alexandre farão os relatos sobre a situação no estado capixaba.


As tropas das Forças Armadas começaram a se mobilizar na região da Grande Vitória, no Espírito Santo. Na manhã desta terça-feira, tropas do Exército se espalhavam pelas cidades de Vitória, Vila Velha, Cariacica e Serra. Enquanto isso, militares da 9ª Brigada, situada em Deodoro, no Rio de Janeiro, desembarcavam na capital capixaba.

O ministro Jungmann, que esteve ontem (8) em Vitória, mantém contato permanente com o governador em exercício Cesar Roberto Colnago e com o prefeito da capital capixaba, Luciano Rezende. “Vamos dar todo o apoio para que a situação no Espírito Santo volte ao normal”, afirmou Jungmann.


Neste segundo dia da operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), ação autorizada por decreto pelo presidente Michel Temer, algumas linhas de ônibus começaram a circular, mas devido à baixa procura a quantidade de veículos foi reduzida. A expectativa do governo local é que a situação se normalize nas próximas horas.

A presença dos militares das Forças Armadas deveu-se ao fato de a Polícia Militar ter se aquartelado. Familiares dos PMs bloquearam as entradas dos principais quartéis e, deste modo, impedem a movimentação dos policiais. O governo do estado recorreu ao Poder Judiciário e obteve liminar assegurando que os bloqueios fossem desfeitos.

Operação Capixaba

Tão logo o ministro Jungmann tomou ciência dos problemas enfrentados pela população do Espírito Santo manteve contato telefônico com o governador Colnago, que responde interinamente já que o titular Paulo Hartung se submeteu a uma intervenção cirúrgica. Ontem pela manhã, por orientação do ministro, Colnago ligou para o presidente Temer e solicitou o apoio das Forças Armadas em ação de GLO.

À tarde, Jungmann desembarcou em Vitória para reunião com as autoridades locais. Segundo o ministro, serão utilizados 1 mil militares das Forças Armadas e mais 200 da Força Nacional de Segurança Pública. Tão logo os efetivos deixaram os quartéis do 38º Batalhão de Infantaria, os militares foram recebidos com aplausos por parte da população, do alto de prédios ou de casas.

Batizada de “Operação Capixaba”, terá duração de dez dias e atuará com mais intensidade na região metropolitana de Vitória.

Ministério da Defesa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]