Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

domingo, 9 de abril de 2017

EUA enviam porta-aviões e sua frota para península coreana



Washington ordena que porta-aviões USS Carl Vinson e seu grupo de ataque se dirijam à Coreia do Norte, num movimento de demonstração de força após novas provocações do regime de Kim Jong-un.

Os Estados Unidos ordenaram que o porta-aviões USS Carl Vinson e seu grupo de ataque seguissem neste sábado (08/04) para a Coreia do Norte. O movimento é considerado uma demonstração de força após novas provocações do regime de Kim Jong-un.

Fontes do Pentágono confirmaram à emissora CNN que o almirante Harry Harris, chefe do Comando do Pacífico, ordenou a mobilização do porta-aviões e toda a sua frota de ataque em águas próximas da península coreana como parte de "uma medida prudente para manter sua disposição e presença no Pacífico".

"A principal ameaça na região continua sendo a Coreia do Norte, devido ao seu temerário, irresponsável e desestabilizador programa de testes de mísseis e sua busca por armamento nuclear", frisou Dave Benham, porta-voz do Comando do Pacífico.

O porta-aviões Carl Vinson, sob o controle da Terceira Frota, suspendeu uma visita planejada à Austrália e seguirá de Cingapura para as águas perto da Coreia do Norte, que já foi destacado há um mês para participar de manobras militares anuais da Coreia do Sul.

Os EUA afirmaram que o movimento é uma resposta para novas provocações por parte do regime norte-coreano, que realizou recentemente um teste de um míssil de médio alcance e de motores de mísseis.

O envio do porta-aviões ocorre na semana em que o presidente dos EUA, Donald Trump, recebeu na Flórida o homólogo chinês, Xi Jinping, e ambos discutiram a necessidade de evitar novas provocações de Pyongyang.

DW - Deutsche Welle

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]