Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

domingo, 11 de junho de 2017

“Guarda-chuva” antimíssil dará cobertura a todo o território russo




Ígor Rôzin, Gazeta Russa

Aumento e interação de sistemas terrestres e espaciais formará cobertura invisível, conforme proposta de cientistas e representantes do setor.

A indústria de defesa propôs ao Ministério da Defesa uma interação racional de sistemas que resultará em um guarda-chuva antimíssil sobre todo o território nacional.

“O grupo que trabalha na criação da base técnica para defesa aérea e espacial da Rússia, o qual lidero desde 2012, chegou à conclusão de que a indústria e os cientistas militares conseguiram propor ao Ministério da Defesa uma opção racional para criar um escudo de defesa antimíssil, incluindo os componentes terrestres e espaciais”, disse o vice-primeiro ministro, Dmítri Rogôzin, segundo a agência Tass.

“Uma vez que todo o sistema espacial da Rússia estiver implantando, o país ficará sob um guarda-chuva antimíssil”, acrescentou Rogôzin.

Mais cedo, o comandante da Força Espacial Russa, o tenente-general Aleksandr Golovko, anunciou que o radar de nova geração Voronej-DM, comissionado na região de Krasnoiarsk, na Sibéria, entrará em serviço até o final do ano.

O Voronej-DM é capaz de identificar alvos balísticos e hipersônicos a 6.000 km de distância e vem sendo utilizado em modo experimental desde o final de 2016.

Equipes conjuntas, da Força de Defesa Aeroespacial russa com os fabricantes, conduziram os testes do radar. O equipamento, que já identificou seis lançamentos de mísseis balísticos intercontinentais, cobre o Norte e a porção nordeste do Pacífico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]