Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

terça-feira, 13 de junho de 2017

Portugal avança no processo de compra de avião brasileiro



Autoridades portuguesas vieram ao Brasil para negociar compra do avião.

O governo português autorizou a negociação e autoridades conheceram de perto a aeronave em São Paulo.

Autoridades portuguesas conheceram, em Guarulhos (SP), o avião brasileiro KC-390 no último domingo (11/06). O país, que está negociando a aquisição da aeronave, foi representado, entre outros dirigentes, pelo Primeiro-Ministro, António Luís Santos da Costa, e pelo Ministro da Defesa, José Alberto Azeredo Lopes. De lá, a comitiva de Portugal e representantes da Embraer seguiram em um voo de demonstração até a capital fluminense.

Segundo o presidente da Embraer, Paulo César de Souza e Silva, o governo português autorizou conversas sobre o processo de aquisição. "Esse foi um passo muito importante. Agora podemos oficialmente negociar com esse país. Esta é uma parceria histórica da Embraer com a Força Aérea Brasileira. É muito importante para o Brasil que um país europeu adquira nossos aviões", disse.


O Primeiro-Ministro de Portugal, António Luís Santos da Costa, destacou a importância da parceria. "O KC-390 simboliza o futuro das relações entre Portugal e Brasil. Isto é certamente, para todos nós, um momento muito marcante. Hoje, pela primeira vez, podemos voar em um avião que representa esta cooperação", disse.

Na Ala 13, onde aconteceram a visitação e as tratativas, os portugueses foram recepcionados, também, por autoridades da Força Aérea Brasileira (FAB). Para o Diretor-Geral do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), Tenente-Brigadeiro do Ar Carlos Augusto Amaral Oliveira, a demonstração do produto final aos parceiros reforça o acerto nas decisões em relação ao KC-390. Isso porque Portugal também participou do desenvolvimento da aeronave. O oficial-general destacou a importância da aeronave no futuro da FAB. "Para a Força Aérea Brasileira, este é um avião que vem para mudar significativamente a nossa estrutura. Será a espinha dorsal do transporte, uma vez que substituirá o C-130", afirmou.

O Chefe do Estado-Maior da Ala 13, Major Luciano Parreira Resende, lembrou que a concepção da plataforma multimissão KC-390 está totalmente alinhada com o Projeto "Força Aérea 100".

Fonte: Ala 13, por Tenente Beatriz Kramer
Edição: Agência Força Aérea, por Ten Gabrielli Dala Vechia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]