Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Turnê Europeia: Embraer KC-390 pousa na Suécia.



A Embraer anunciou que o KC-390 fará sua primeira demonstração internacional de voo no Paris Air Show. O evento de uma semana começará no dia 19 de junho no Aeroporto Le Bourget. “Vamos mostrar as capacidades do avião, como ele funciona em termos de alta velocidade, baixa velocidade, aterragem, decolagem”, disse Jackson Schneider, vice-presidente executivo da empresa no setor de defesa. “Nós fizemos voos de demonstração nos países que visitamos, mas em shows, nunca o fizemos antes. Será a primeira vez. Quando estávamos em Farnborough [International Airshow em 2016], foi uma apresentação estática”.


Depois de Paris, o KC-390 embarcará em um passeio de demonstração pela Europa e Ásia para aumentar o interesse pela capacidade, disse ele. De acordo com Schneider, a empresa está encerrando sua primeira venda internacional de KC-390. “Temos um processo muito maduro com um dos potenciais clientes”, disse ele a jornalistas durante uma reunião de 2 de junho nas instalações de produção de jatos executivos da Embraer em Melbourne, Flórida. “Com certeza, há trabalho a ser feito”, acrescentou Schneider. “Penso que esperamos ter a possibilidade de anunciar este ano”.

O KC-390 foi projetado no início da década para ser um concorrente direto para o Lockheed Martin C-130 Hercules. O avião pode assumir missões que vão desde busca e resgate, extinção de incêndio e transporte de carga e tropa, e até mesmo ser transformado em um navio de guerra se um cliente tivesse interesse, disse Schneider.


A Embraer conquistou uma ordem da força aérea brasileira para 28 KC-390s. Apesar de Schneider se recusar a elaborar sobre potenciais clientes estrangeiros, ele confirmou que a Embraer no final de 2016 respondeu a um pedido de informações sobre a futura capacidade de mobilidade aérea da Nova Zelândia, que substituiria seus C-130 por cinco novas aeronaves. Cinco outras nações – Argentina, Chile, Colômbia, República Tcheca e Portugal – assinaram cartas de intenção sinalizando interesse em comprar até 32 KC-390.

Enquanto isso, a Embraer está avançando com os testes necessários para a Força Aérea Brasileira certificar que a aeronave está pronta para a capacidade operacional inicial. Os dois protótipos do KC-390 da empresa já registraram mais de 1.000 horas de voo, incluindo uma recente avaliação do paraquedista. A Embraer planeja entregar duas aeronaves de produção no próximo ano, com capacidade operacional total esperada pouco depois disso. Também no início de 2018, o KC-390 vai abastecer um avião de combate pela primeira vez, disse Schneider. “Eu acho que estamos entregando exatamente o que prometeu no início deste programa”, disse ele. “Está absolutamente no bom caminho, e os testes estão progredindo de acordo com o plano”.

https://twitter.com/AssuntoMilitar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]