Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

domingo, 14 de janeiro de 2018

Falso alarme de míssil no Havaí é alvo de críticas



Anúncio de suposto ataque leva pânico ao arquipélago. Funcionário teria apertado botão errado. Por 40 minutos, parte da população pensou estar na iminência de bombardeio. Falha abala credibilidade de sistema de alerta.

Após um falso alarme de ataque com míssil ter causado pânico no Havaí, nos Estados Unidos, autoridades criticam neste domingo (14/01) a confiabilidade do sistema de alerta do arquipélago. A população recebeu na manhã de sábado um falso alerta, via celular, de ameaça de um míssil balístico que supostamente rumava para aquele estado americano.

A Agência de Gestão de Emergências do Havaí admitiu que "o botão errado foi apertado" durante uma troca de turno entre funcionários. Desde a divulgação do alerta até o envio de uma mensagem corrigindo a informação, se passaram 40 minutos.

Algumas pessoas abandonaram seus carros na estrada, outras se reuniram em suas casas para esperar pelo que parecia o inevitável: um ataque que causaria morte e destruição.

A Comissão Federal de Comunicações (FCC), responsável pelos padrões, procedimentos e protocolos de teste para o sistema de alerta que enviou o alerta falso, prometeu "uma investigação completa" sobre o incidente.

A Agência de Gestão de Emergências do Havaí postou um tuíte de que não havia ameaças 10 minutos depois do alerta falso, mas o texto não chegou a pessoas que não estão na plataforma.

"Erro imperdoável"

O senador pelo Havaí Brian Schatz afirmou no Twitter, ele afirmou que o alarme falso é "totalmente imperdoável”.

O deputado do Havaí Scott Saiki disse que o sistema no qual os habitantes do arquipélago deveriam confiar falhou de forma grosseira. "Claramente, as agências não estão preparadas, e falta capacidade para lidar com situações de emergência”, afirmou, através de comunicado.

"A população tem de confiar no nosso sistema de alerta de emergência", sublinhou o governador do Havaí, David Ige, acrescentando que esse tipo de incidente não pode acontecer.

O episódio aconteceu em um momento tenso entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte, por causa do programa nuclear desenvolvido por Pyongyang.

DW - Deutsche Welle

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]