Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quinta-feira, 12 de abril de 2018

1º Curso de Saúde Operacional capacita militares para a atuação em operações no Brasil e no exterior.


Rio de Janeiro (RJ) – Na sexta-feira, dia 6 de abril, a Escola de Sargentos de Logística (EsSLog) realizou o encerramento do 1º Curso de Saúde Operacional (CSOp), que formou 38 militares. A atividade era direcionada a oficiais médicos, enfermeiros, farmacêuticos, dentistas, veterinários e fisioterapeutas; bem como a subtenentes e sargentos de saúde.

 
O Curso teve início no dia 5 de março e teve a duração de cinco semanas, tendo como objetivo principal a capacitação dos militares da área de saúde para atuarem em operações militares no Brasil e no exterior. Durante o Curso, os alunos tiveram diversas disciplinas, tais como: atendimento pré-hospitalar, técnicas especiais para acessar e transportar feridos em operações militares e progressão no terreno. A atividade contou com o apoio da Marinha do Brasil, da Força Aérea Brasileira, da Polícia Militar e Civil do Rio de Janeiro e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado.

Dentre os formandos, havia dois enfermeiros, um farmacêutico, dois veterinários e 24 sargentos de saúde. Para os oficiais médicos, a solenidade marcou apenas o término da 1ª fase do Curso, restando-lhes, ainda, as duas semanas da 2ª fase, cujo término está previsto para o dia 18 de abril.

 
A solenidade foi presidida pelo Diretor de Educação Técnica Militar, General de Brigada Vinicius Ferreira Martinelli, e contou com a presença de oficiais-generais da ativa e da reserva, além de outras autoridades, incluindo o Coronel Robson da Silva Fontes, ex-comandante da EsSLog, e diversos comandantes de organizações militares da Guarnição.

Durante a cerimônia, foi entregue, simbolicamente, aos concludentes do 1º CSOp, o brevê proposto pelo Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx).

O Curso de Saúde Operacional


O CSOp tem objetivos específicos, de acordo com a atuação do militar dentro da sua esfera de atribuição. Para os oficiais médicos, visa habilitá-los à realização de atendimento pré-hospitalar, resgate e suporte médico avançado em operações militares e regular os procedimentos de urgência e emergência realizados por outros profissionais, devidamente qualificados, em operações militares.

 
Já para oficiais enfermeiros, farmacêuticos, dentistas, veterinários e fisioterapeutas, assim como para subtenentes e sargentos de Saúde, pretende-se habilitá-los à realização de atendimento pré-hospitalar, resgate e suporte básico em operações militares

Escola de Sargentos de Logística (EsSLog)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]