Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Queda de avião militar mata mais de 250 na Argélia


Aeronave de modelo soviético cai pouco após decolagem nos arredores de Argel. Entre as vítimas estão sobretudo militares e seus familiares. Causa da queda ainda é desconhecida.


Ao menos 257 pessoas morreram nesta quarta-feira (11/04) na queda de um avião militar da Argélia nas redondezas da capital, Argel, afirmou o Ministério da Defesa do país.

A maioria das vítimas são militares e familiares, mas entre os mortos há também dez tripulantes. Os corpos foram levados para um hospital militar para identificação, acrescentou o ministério. É a maior tragédia aérea do país em número de mortos.

As causas ainda são desconhecidas, e uma investigação foi aberta, afirmou o ministério. Segundo a imprensa, o avião caiu logo após a decolagem.

As primeiras imagens do local da queda mostram uma multidão reunida ao redor dos destroços, ainda em chamas, nas proximidades do aeroporto de Boufarik, a sudoeste de Argel. Uma fileira de corpos cobertos por sacos brancos podia ser vista no chão.

No avião, de modelo soviético Ilyushin II-76, viajavam soldados e oficiais que seguiriam para a cidade de Tindouf, na fronteira com o Marrocos.

Nos trabalhos de resgate participam mais de 300 pessoas, entre socorristas, médicos, policiais e soldados do Exército argelino, que em 2014 sofreu com uma tragédia similar.

Naquele ano, 77 pessoas morreram após a queda de um Hércules C-130 na região montanhosa de Oum el-Bouaghi, 500 quilômetros a leste de Argel.

Deutsche Welle

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]