Slider

Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira Foto: Ricardo Pereira

sábado, 5 de maio de 2018

A Força Aérea Brasileira (FAB) inicia processo para modernizar 50 aeronaves Embraer T-27 Tucano.

A Força Aérea Brasileira (FAB) abriu em março uma licitação para modernizar a aviônica de 50 aeronaves de treinamento T-27 Tucano em uso na Academia da Força Aérea (AFA), de uma frota atualmente de 60 aviões, nas fotos feitas na LAAD-2011 pelo Jornalista e fotografo Ricardo Pereira pode ser visto uma ideia do modelo apresentado pela AEL consistia num cockpit de dois grandes MFDs, a AEL aposta na redução da carga de trabalho dos pilotos apresentando uma proposta inovadora e simples.

A nova aviônica é moderna e está em concordância com os novos conceitos de comunicação e situação, o cockpit embarca sistemas em estado-de-arte. A primeira impressão é de que novo cockpit apresenta informações de maneira simplificada e rápida e sem dúvida é uma ótima alternativa para a FAB, caso esta venha a requerer um MLU.



O link do Portal de Compras do Governo Federal Comprasnet. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO. MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO

http://www.comprasnet.gov.br/acesso.asp?url=/edital-120195-03-05-2018

Mais sobre o EMB-312 Tucano

O Embraer EMB-312 Tucano é um avião turbohélice de treinamento e ataque leve, desenvolvido e fabricado pela empresa brasileira Embraer. Seu primeiro voo ocorreu em 1980, o Tucano é o treinador leve da Força Aérea Brasileira, que adiquriu 132 unidades, porém a aeronave foi também produzida para inúmeras outras forças aéreas mundo afora, alcançando a marca superior a 600 aeronaves produzidas.

Principais utilizadores do modelo padrão

Brasil: 132 unidades.

Egito: 134 mais 10 unidades produzidas sob licença pela Helwan.

Argentina: 30 unidades.

Honduras: 12 unidades.

Irã: 25 unidades.

Paraguai: 5 unidades.

Peru: 30 unidades (8 unidades revendidas a Angola).

Venezuela: 31 unidades.

Colômbia: 14 unidades.

França: 80 unidades vendidas para a França com aviônicos franceses EMB 312F.

Reino Unido: 130 aeronaves para a RAF, mais 12 para o Quênia e 16 para o Kuwait com motor mais potente e aviônicos próprios (Short Tucano).


Especificações.

Motor: Pratt & Whitney Canada PT6A-25C de 750 shp.

Velocidade Máxima: 448 km/h.

Velocidade de Cruzeiro: 319 km/h.

Teto de Serviço: 9.144 m.

Alcance: 2.055 km.

Envergadura: 11,14 m.

Altura: 3,40 m.

Bitola: 3,76 m.

Comprimento: 9,86 m.

Peso Vazio: 1.810 kg.

Peso Básico: 2520 kg (dois pilotos, óleo, fluido hidráulico e tanques cheios).

Peso Máximo de Decolagem: 3.175 kg.

Peso Máximo de Aterragem: 2800 kg.

Armamento: 4 pilones sob as asas podendo carregar casulos de metralhadoras 12,7mm, foguetes e bombas.

http://www.assuntosmilitares.jor.br/2013/02/voamos-com-possivel-novo-cockpit-emb.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

[Fechar]